segunda-feira, 6, abril, 2020
Início Colunas Comparativos Locke & Key | Confira as principais diferenças entre a série e...

Locke & Key | Confira as principais diferenças entre a série e a HQ

Joe Hill e Gabriel Rodríguez são responsáveis pelo quadrinho de terror Locke & Key, um dos quadrinhos de terror mais célebres dos últimos anos. A trama envolve partes de terror horrível e um conto emocional de tristeza. É também uma história que passou por várias tentativas de adaptação para a tela antes de finalmente chegar à Netflix.

Agora que o programa foi lançado, os fãs do quadrinho estão percebendo que, mesmo que o programa capte a essência do original, ele apresenta algumas mudanças substanciais no material de origem. Confira as principais diferenças abaixo.

Morte de Rendell Locke

Ambas as versões da história são iniciadas com a morte de Rendell Locke pelas mãos de seu ex-aluno Sam Lesser. Após sua morte, o resto da família Locke sofre e eles se mudam para a casa ancestral de Rendell em Massachusetts.

Mas enquanto a versão da Netflix mostra um rápido confronto em que Sam mata Rendell com um tiro no estômago e é rapidamente nocauteado pela esposa de Rendell, a história em quadrinhos é muito mais violenta. O quadrinho tem outro cara chamado Al se juntando a Sam, que atira na cabeça de Rendell enquanto Al ataca Nina Locke, que depois mata Al empurrando um machado na cabeça.

Nina assume os holofotes

Enquanto Duncan foi rebaixado no processo de adaptação, Nina Locke recebeu um destaque muito maior na série do que na HQ. Joe Hill e Gabriel Rodríguez usaram Locke & Key para explorar tristeza e trauma através das lentes de uma história de horror / fantasia, mas às vezes isso acontecia às custas do personagem de Nina. Depois que está implícito que ela foi estuprada pelas pessoas que mataram seu marido, ela passa a maior parte dos quadrinhos como alcoólatra incapacitante, incapaz de perceber o perigo que seus filhos estavam, incapaz de ajudá-los e apenas sofrendo insultos de Kinsey que sente raiva ao lidar com a situação. Não é até quase o final da história que ela supera seu trauma e se junta à luta contra Dodge, mas até então ela é principalmente “a mãe chorona” de muitos dos personagens da história.

A série acaba com a subtrama de estupro e começa a história com Nina sendo uma alcoólatra em recuperação que está sóbria há seis anos. Seus filhos já conhecem a dor de vê-la sofrer com o vício, então, quando ela enfrenta Sam Lesser novamente e começa a beber, isso é uma recaída compreensível, mas emocionalmente devastadora, tanto para o público quanto para os personagens.

Ellie e Rufus Whedon se tornam heróis trágicos

Uma das primeiras pessoas que Nina Locke faz amizade quando se muda para Keyhouse é Ellie Whedon, uma amiga de infância de Rendell e uma das poucas pessoas que conheciam as chaves. Na história em quadrinhos original, Dodge (assumindo a forma do ex-namorado de Ellie, Lucas) estupra Ellie e a mantém assustada, forçando-a a cumprir as ordens de Dodge.

O filho de Ellie, Rufus, é um garoto com um distúrbio mental não especificado. Ele costuma ser menosprezado por Zack e pela avó abusiva de Ellie, mas às vezes sai com Bode. Embora ele seja um dos primeiros a descobrir que Dodge pode mudar de forma, ele é impotente para ajudar.

Chaves mágicas novas e alteradas

O programa Netflix adiciona um prólogo totalmente novo no primeiro episódio. Depois de ouvir sobre a morte de Rendell, um de seus amigos de infância, Mark Cho, pega uma nova “chave de palito de fósforo” e apunhala-se com ela. A chave então faz Cho imolar, queimando a casa inteira com ele.

Mais tarde no episódio, Bode Locke descobre a “chave do espelho”, que aparentemente abre uma dimensão de bolso dentro de um dos espelhos de Keyhouse, prendendo quem ousa entrar. Essa chave nunca fez parte do material de origem, mas serve como uma primeira introdução à magia para Nina Locke. As chaves adicionais incluem a “chave da flor” ou a “chave da memória” que acessa um jardim no cemitério de Keyhouse, onde uma árvore gigante que armazena lembranças em jarros aparece.

Outras chaves são alteradas. A chave da cabeça, que é um importante dispositivo de trama tanto na história em quadrinhos quanto na série, permite que o usuário abra literalmente a cabeça como se estivesse com uma tampa, enquanto um duplo fantasmagórico de si mesmo aparece para espiar lá dentro. O show muda isso e, em vez disso, adiciona um duplo de corpo inteiro que pode se mover livremente e, em vez de abrir uma cabeça, o show adiciona uma porta que aparece magicamente, permitindo que o usuário entre na cabeça e passeie por diferentes locais que representam seu espaço mental.

Locke & Key | Confira as principais diferenças entre a série e a HQ 1

Da mesma forma, a “chave de pele” e a “chave de gênero” são combinadas em uma nova “chave de identidade” que permite ao usuário mudar sua imagem para qualquer outra forma humana que desejar.

Adultos não conscientes da magia

Nos quadrinhos, leva algum tempo até percebermos que nenhum adulto parece saber sobre as chaves mágicas ou qualquer uma das coisas estranhas que acontecem na Keyhouse. Vimos que Nina Locke não presta atenção quando a cabeça do filho está aberta, graças à chave da cabeça, e Duncan Locke parece ter uma lembrança muito confusa de sua infância. Mas é só no final que obtemos a confirmação de que um membro da família nos anos 40 criou uma chave especial que impedia qualquer adulto que entrou na casa de se lembrar de magia.

A série coloca um foco maior nisso, pois desde o primeiro episódio as crianças percebem que sua mãe não se lembra ou reconhece as coisas estranhas que acontecem. Já no episódio 2, Bode Locke, sugere que os adultos simplesmente não conseguem se lembrar. A única exceção, que está totalmente ausente dos quadrinhos, é Ellie Whedon. Ficamos sabendo que Rendell e seus amigos encontraram uma maneira de se lembrar das chaves e da magia, embora não saibamos exatamente como.

Duncan é basicamente um não-personagem

Com a saída de Rendell, a única pessoa com uma conexão com Keyhouse é Duncan, irmão mais novo de Rendell, com Bode, Kinsey e Tyler. Nos quadrinhos, o passado de Duncan é uma grande parte do mistério das chaves e da própria Keyhouse. Duncan realmente não se lembra de sua infância, mas às vezes tem vislumbres de lembranças e instantaneamente sente algo familiar sobre o amigo de Tyler, Zack Wells. Nos quadrinhos, ele é acidentalmente responsável por um demônio infectar um amigo, e é frequentemente visto em Keyhouse oferecendo palavras de sabedoria ou conforto para as crianças Locke.

Já na adaptação, Lucas acaba sendo infectado quando abrem a porta ômega e vemos mais da história de Ellie da perspectiva dela. No final, ela é convencida por Rufus a ajudar a família Locke a revidar, e até tenta atirar em Lucas, o que ela nunca tem chance de fazer nos quadrinhos.

Rufus também ganha mais agilidade na adaptação da Netflix. Agora, um garoto muito mais velho, e também adotado por algum motivo, ele trabalha em Keyhouse como jardineiro e oferece conselhos a Bode para cuidar dos inimigos. Rufus também não hesita em contar a Bode sobre o estranho cara que vive com ele e Ellie, e se oferece para ajudar quando Body conclui que Lucas é Dodge.

Chamberlain Locke, bem-vindo à resistência

Quando Bode brinca com a “chave fantasma” pela primeira vez, ele passa pelo cemitério de Keyhouse, onde conhece um homem chamado Chamberlain Locke, que diz a Bode que ele é seu trisavô. Embora Chamberlain não apareça nos quadrinhos principais de Locke & Key, ele aparece na edição autônoma Open the Moon, na qual Chamberlain tem uma chave feita que permite que seu filho doente Ian passe gentilmente para a vida após a morte como se estivesse passando uma porta.

Dodge tem um novo ás debaixo da manga

As maiores mudanças na produção para TV têm a ver com Lucas “Dodge” Caravaggio. Nos quadrinhos, conhecemos Dodge como a Dama do Bem, uma entidade maligna empenhada em obter as chaves sem motivo concreto. Não há muitas cenas sozinhas com Dodge, a menos que um dos personagens principais esteja por perto. O plano de Dodge é transformar sua forma anterior, a de Lucas, fazer amizade com Tyler Locke e encontrar a “chave ômega”.

No programa de TV, Dodge nunca se transforma em Lucas / Zack na frente dos Lockes. Em vez disso, temos cenas extensas dela apenas andando e curtindo a vida, enquanto tenta intimidar Bode a dar-lhe as chaves. Acontece que, em uma nova reviravolta do programa, Dodge não pode pegar fisicamente as chaves da família Locke, e ela aparentemente não pode tocá-las, forçando-a a ameaçar outras pessoas. Outra grande mudança é que, como não há Zack, Dodge tenta seduzir Tyler em sua forma feminina.

A outra grande mudança é que, embora o programa pule Zack Wells, Dodge muda de gênero e tenta fazer amizade com um garoto de Locke. Descobrimos que o novo garoto da escola, Gabe, um fã de cinema que começa a namorar Kinsey, é na verdade Dodge usando a “chave de identidade” para mudar toda a sua aparência.

Os guardiões do passado e do futuro das chaves

A história do que aconteceu com os amigos de Rendell nos anos 80 é o mistério central de Locke & Key. Lentamente, começamos a descobrir partes sobre sua vida em Keyhouse e sobre seus amigos, vendo pedaços de flashbacks ao longo da história. Então, quando finalmente vemos a tragédia de como Lucas se tornou Dodge, e como seus amigos Mark Cho e Kim Topher foram mortos, torna-se um flashback emocionalmente devastador, porque vimos as repercussões desse momento no tempo.

Nos quadrinhos, os flashes de Rendell e de seu amigo mostram eles como membros do clube de teatro, enquanto eles montam uma produção de The Tempest de Shakespeare. Após a formatura, Rendell sugere que eles vão até a porta ômega e soltam um demônio para que eles possam fazer uma chave para que eles se lembrem de tudo sobre magia. Mas quando eles caem, Lucas percebe que Duncan está lá com eles e, na tentativa de afastá-lo, ele fica hipnotizado pelo poder da porta e depois infectado por um demônio. Lucas os convence de que está tudo bem, mas alguns dias depois ele se entrega depois de ameaçar matar Rendell se ele não conseguir a “chave ômega”. Os outros trancam todas as memórias de Lucas / Dodge, mas depois que Ellie visita a Wellhouse e chama por Lucas, Dodge a encontra, percebe o que aconteceu, a nocauteia e começa a matar seus ex-amigos para pegar a chave e abrir a porta. A cena se desenrola por muito mais tempo nos quadrinhos, pois vemos Dodge usar as memórias de seus amigos contra eles, usando ataques pessoais contra eles antes de matá-los brutalmente. Lucas morre por acidente depois que o sistema da caverna entra em colapso em cima dele.

[td_smart_list_end]

Veja Também: Crítica | Locke & Key- 1ª temporada

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,066FãsCurtir
3,130SeguidoresSeguir
4,450SeguidoresSeguir

Conheça as cidades de La Casa de Papel – Parte 3

0
A quarta temporada de La casa de Papel já está disponível no Netflix, e a gente chega a nossa terceira parte do...

Resenha: Indesejadas- Kristina Ohlsson

9
“Mas nesse planeta ninguém é invisível, muito menos infalível. “ Gosto bastante de romances policiais, por isso adoro os livros da editora Vestígio. Para quem...
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave