segunda-feira, 21, setembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica: Nebraska

Crítica: Nebraska

Flertando com os clássicos

Nebraska é do tipo de filme que não se dá nada a princípio, parecendo ter um enredo bem cotidiano, não chama atenção pela premissa em si, porém quando se chega ao final da exibição se impressiona com a qualidade do longa.

A escolha de Alexander Payneroteirista e diretor do filme, em fazer o longa no estilo clássico, sendo preto-e-branco e contendo elementos como fades, fusões e transições, realmente agrada. Esses elementos dão um ar clássico e essa opção em Nebraska faz com que o telespectador se envolva mais na história, sem apelar para qualquer elementos chamativo durante a mesma.

Na trama, Woody Grant (Bruce Dern) é um pai idoso ex-alcoólatra que recebe uma daquelas cartas de marketing dizendo que ganhou 1 Milhão de dólares e precisa ir até Lincoln, em Nebraska, para receber o prêmio. Como sua família não quer se descolocar de Montana para Nebraska (cerca de 2 dias de viagem de carro) por algo que sabe ser uma farsa, Woody cria o hábito de tentar fugir e tentar ir pra Lincoln à pé. Sim, à pé!

Cansado de ter que procurar o pai quase toda noite, David Grant (Will Forte) resolve finalmente fazer a viagem com o pai, para assim provar que o dinheiro era só um esquema para assinaturas de revistas. Nessa viagem há várias cenas clássicas de rodovias, lotada de caminhões, motoqueiros em suas Harley-Davidsons, maquinários agrícolas, trens de cargas e outros elementos encontrados com frequência lá pela década de 60. Também durante essa viagem é explorado bastante da relação de Woody com os filhos, que não era nada boa.

Nebraska
Nebraska | Imagem: Sony Pictures

A beleza do roteiro está em ver que, mesmo David tendo sido abandonado pelo pai alcoólatra durante sua infância, está lá para apoiar e proteger o pai em sua velhice. David é o único da família disposto a isso, sua mãe Kate (June Squibb) já não aguenta mais as maluquices do velho e seu irmão, Ross (Bob Odenkirk) não se importa o bastante com a situação do pai. David trata do pai de um modo que chega a ser emocionante, tendo paciência com as loucuras que ele apronta e estando sempre ao seu lado para um apoio necessário.

Bruce Dern se encarregou de colocar a dose necessária de comédia no filme. O timing perfeito do personagens em sutis momento conseguiram trazer o alívio cômico necessário para amenizar essa dramática trama.

Nebraska
Nebraska | Imagem: Sony Pictures

Nebraska se revela, em meio à viagens e situações familiares, ser um lindo filme sobre um interessante relacionamento entre pai e filho. Com o adendo desse lindo visual que flerta com o passado, o longa é realmente bonito e remete aos emocionantes clássicos que fazem falta no cinema atual.

Veja a ficha técnica e elenco completo de Nebraska

Nota do Thunder Wave
Com um visual que remete aos clássicos do cinema e uma trama envolvente, o longa é emocionante e interessante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,011FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,362SeguidoresSeguir

Brooklyn Nine-Nine | Série exibirá episódio sobre brutalidade policial na 8ª...

0
Brooklyn Nine-Nine vai exibir uma história sobre a brutalidade policial na 8ª temporada. Depois de supostamente desfazer-se de pelo menos quatro episódios...

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave