A Netflix anunciou nesta segunda-feira (12), que fechou uma parceria com o roteirista e diretor brasileiro, Konrad Cunha Dantas, conhecido artisticamente por KondZilla. Ele ostenta os títulos de maior canal brasileiro no YouTube com mais de 29 milhões de inscritos e também, maior canal de música da América Latina, com mais de um bilhão de visualizações mensais. Através de seu canal, Konrad é responsável por disseminar para todo o Brasil, o chamado “funk ostentação”, muito presente no estado de São Paulo, trazendo à tona, nomes como Kevinho, Mc Guimê, Dani Russo, Tat Zaqui e outros.

Intitulado Sintonia, série de ficção criada e dirigida pelo próprio KondZilla em parceria com Guilherme Quintella e Felipe Braga, contará com oito episódios onde abordará temas relacionado à juventude, questões sociais e ambições humanas fundamentais. Confira, abaixo, a sinopse do projeto.

“Narrada através das perspectivas de três personagens diferentes, a história de Sintonia explora a interconexão da música, tráfico de drogas e religião em São Paulo. Doni, Nando e Rita cresceram juntos na mesma favela, onde foram influenciados pelo fascínio do funk, das drogas e da igreja. Cada um deles transforma suas experiências de infância em caminhos muito divergentes. Apesar de tentarem fazer uma vida diferenciada de onde cresceram, finalmente percebem que as únicas pessoas que podem salvá-las de si mesmos, são eles próprios”.

A produtora Losbragas, que tem a atriz Alice Braga como uma das fundadoras, também fará parte do projeto. Sobre a série, Alice relatou que é uma voz que ganhou vez fora da mídia tradicional e que está honrada em fazer parte da produção. “KondZilla nos mostrou uma mensagem poderosa e força criativa, estabelecendo o que se tornou um dos maiores canais de música do YouTube do mundo“, declarou a atriz. “Sintonia é uma voz emergente que encontrou seu lugar fora da mídia tradicional, é um projeto extremamente relevante, pois é focado em criar uma plataforma original para talentos das favelas do Brasil, para poderem contar suas próprias histórias, seus próprios pontos de vista. Estou honrada em ficar ao lado dele [KondZilla] enquanto conta sua história“, disse Alice. “Da periferia do Brasil para o mundo“, finalizou.

Konrad também demonstrou sua felicidade logo após a parceria ter sido firmada com um dos maiores nomes do streaming mundiais, dizendo que Sintonia não é novo e seu desejo, é inspirar outros jovens a nunca desistir de seus sonhos. “É o projeto mais antigo da minha vida, eu sempre sonhei em criar e dirigir uma ficção. Espero que seja mais uma das minhas realizações a inspirar mais molecada de favela com seus sonhos também, nada é impossível“, comemorou o jovem diretor, “Favela venceu!“.

Ainda sem informações sobre elenco e/ou participações do casting de artistas da própria KondZilla, a previsão de estreia é para o ano que vem, no catálogo da Netflix.

Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here