quinta-feira, 21, outubro, 2021

Crítica: Noé

Darren Aronofsky se aventura em sua primeira produção de grande orçamento em Noé (Noah), inspirado nos conhecidos fatos bíblicos, mas com uma grande licença poética.

A trama se foca em Noé (Russell Crowe), descendente de Set, e neto de Matusalém (Anthony Hopkins), um homem justo e perfeito, casado com Noéma (Jenifer Connelly) e um bom pai para seus três filhos bilógicos Sem (Douglas Booth), Cam (Logan Lerman) e Jafet (Leo McHugh Carroll) e também a sua filha adotiva Ila (Emma Watson). Quando Noé começa a ter sonhos proféticos, vai procurar seu avô e juntos descobrem o que devem fazer, pois os homens estão em uma grande corrupção moral.

Critica noé
Noé | Imagem: Paramount Pictures

Noé segue minuciosamente as orientações de do Criador, e junto com seus filhos constroem a arca que deve abrigar um casal de cada espécie animal. No filme eles contam com a ajuda dos anjos caídos, retratados como guardiões de pedra.

Visualmente, o longa é sensacional. Com linda paisagens e ótimos efeitos, se torna um festival de beleza. O roteiro mantem uma liberdade interessante, apresentando os fatos de uma maneira única, mas que aparentemente é bem capaz de irritar os mais fanáticos religiosos. Porém o foco não é religião, e sim abrir uma discussão sobre o pecado e salvação, além de falar de amor e perdão.

Algumas das mudanças, pra começar da existência de uma filha adotiva, geralmente servem para dar uma carregada no drama. Em alguns momentos, como na tensão entre Noé e Cam, é um pouco exagerado, mas em geral, funciona. 

Noé
Noé | Imagem: Paramount Pictures

Noé é um filme peculiar, que arrisca ao adaptar uma história bíblica com novos valores. Porém a mensagem que passa é linda e compensa todas as criticas que possa receber dos mais intolerantes com mudanças. Apoiada pelas grandes atuações, a trama modificada consegue fornecer um interessante material para reflexão.

Veja a ficha técnica e elenco completo de Noé

Nota do Thunder Wave
O longa é ousado ao usar de liberdade poética em uma história bíblica, mas passa uma linda mensagem.

Artigos Relacionados

Comentários

  1. kadlu (já sei quem é você…rs), gostei muito da crítica! "Noé" é um espetáculo visual e a maneira como Aronofsky opta por contar a história torna a narrativa bíblica numa aventura épica de primeira!

  2. kadlu (já sei quem é você…rs), gostei muito da crítica! “Noé” é um espetáculo visual e a maneira como Aronofsky opta por contar a história torna a narrativa bíblica numa aventura épica de primeira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,960SeguidoresSeguir
4,239SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave