sábado, 5, dezembro, 2020
Início Colunas Especial Oito mulheres que são exemplo de coragem e luta

Oito mulheres que são exemplo de coragem e luta

O Dia Internacional da Mulher é comemorado, como é ensinado, porque nesse dia, em 1911, 130 funcionárias de uma fábrica de tecidos em Nova York morreram carbonizadas. Mas a luta das mulheres já havia começado a muito tempo. Esse dia foi criado em reconhecimento à luta por direitos iguais entre homens e mulheres. Mundialmente, o dia é marcado por movimentações artísticas, debates, conferências e até marchas para se discutir o papel da mulher na sociedade e a sua importância. Sua origem é incerta, mas temos muitos acontecimentos que marcaram essa data. Em 1908, 15 mil mulheres marcharam por Nova York, pelo direito ao voto, melhores salários e jornadas de trabalho equilibradas. Não apenas nos EUA que isso aconteceu. Aqui, no Brasil, na Austrália, na Suíça e em muitos lugares do mundo existem mulheres que lutam todos os dias por melhores condições.

O Dia da Mulher não deve ser comemorado uma vez no ano e sim todos os dias. Mulheres como nossas mães são símbolo de força e coragem. Quando uma mulher morre por conta da intolerância, do ódio, por falta de empatia, quando é violentada, quando é machucada por palavras hostis, cada uma de nós sofre também. E para esse dia especial, o “Top” da semana fala sobre 8 mulheres que merecem destaque.

Voltar

1. Malala Yousafzai

Malala Yousafzai, se tornou símbolo de luta pela educação e pelos direitos das meninas. Aos 17 anos, ganhou o Prêmio Nobel da Paz. Em 2012, criou o Fundo Malala, organização que reivindica a educação e a inclusão social das mulheres. Em 2013, lançou a biografia Eu sou Malala, ( publicado pela Companhia das Letras). Atualmente, mora na Inglaterra e segue inspirando pessoas de toda parte, com a bandeira de que “uma criança, um professor, uma caneta e um livro podem mudar o mundo”.

Oito mulheres que são exemplo de coragem e luta 3
“Embora na aparência eu seja uma menina, uma pessoa com 1,57 metro  de altura, contando com os saltos altos, eu não sou uma voz solitária, eu sou muitas. (…) Eu sou aquelas 66 milhões de meninas que estão fora da escola”, disse Malala Yousafzai, ao receber o Prêmio Nobel da Paz, em 2014.
Voltar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,970FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Crítica | O Gambito da Rainha

0
É uma produção que aborda como a genialidade feminina é moldada e desenvolvida. E por isso a ficção é tão importante, pois inspira mudanças. A série pode ter um contexto antigo, mas as tramas abordadas são tão atuais quanto naquela época. Se esse era ou não o propósito, não sabemos, mas desconfiamos. Bem produzida e com poucas, quase inexistentes, escorregadas, a trama de sete episódios de aproximadamente 60 minutos, O Gambito da Rainha é divertida, misteriosa, inspiradora e relevante pelos assuntos tratados.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave