sexta-feira, 4, dezembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica: Os Miseráveis

Crítica: Os Miseráveis

O clássico de Victor Hugo, Os Miseráveis, é até hoje muito visado entre os produtores. Graças a seu conteúdo intenso, a obra que mostra as diferenças nas classes sociais de Paris no século XIX ainda agrada e emociona o público. Por isso, inumeras adaptações foram feitas, inclusive um musical que domina a Broadway há um tempo. É baseado nesse musical o filme Os Miseráveis (Les Misérables), que chega aos cinemas trazendo um elenco de peso.

Trocando diálogos por estrofes (o longa é basicamente inteiro cantado) Os Miseráveis começa no século XIX, em plena revolução francesa, onde Jean Valjean (Hugh Jackman) foi preso por roubar pães para alimentar o filho doente de sua irmã, sendo condenado a trabalhos forçados por cinco anos, encarcerado num dos piores lugares que poderia existir.

Por tentativas de fuga acaba sendo condenado a mais 14 anos, ficando encarcerado ao todo por 19 anos. Findo esse prazo, é solto, mas fica em liberdade condicional, tendo que se apresentar de tempos em tempos, é marcado como ex-condenado, e é repudiado por uma sociedade hipócrita, cínica e totalmente cruel, não conseguindo abrigo, emprego, nem alimento. Ele é acolhido, alimentado e ajudado por um Bispo, que o faz acreditar novamente no amor e a perdoar, mudando de identidade, e sua vida prospera. Mas o inspetor Javert (Russell  Crowe) continua a procurar por Valjean, querendo levá-lo de volta a prisão por violar a condicional.

Hugh Os Miseráveis
Hugh Jackman e sua pesada maquiagem Imagem: Universal

Valjean acaba tendo contato com Fantine (Anne Hathaway), uma operária, que injustamente é mandada embora da fábrica onde trabalha, e acaba caindo na miséria, tendo até que se prostituir para sustentar sua filha Cosette (Isabelle Allen, quando criança ), que está sob os “maus” cuidados do casal Sr. Thénardier (Sacha Baron Cohen) e Madame Thénadier (Helena Bonham Carter). Com o desenrolar dos acontecimento, Valjean, agora com outro nome, acaba se responsabilizando pelo sustento e futuro da criança. Porém Valjean continua fugindo, pois a perseguição de Javert continua.

Russel Os Miseráveis
Russell Crowe como Javert Imagem: Divulgação

Cosette (Amanda Seyfried) não conhece a verdadeira história de Valjean, que acaba sendo um pai para ela, e quando adulta, acaba conhecendo Marius (Eddie Redmayne ), um dos estudantes envolvidos na rebelião contra o rei, intitulando-se  da revolução francesa, e esses alunos acabam entrado em confronto com os soldados do rei.

Cruzando as tramas, Tom Hooper consegue transmitir para as telas parte da emoção que o musical propões, com a ajuda das ótimas atuações, a realidade social proposta por Victor Hugo consegue tocar o público. Paixão é a palavra-chave desse filme, todo o elenco se empenha ao máximo, cantando ao vivo para intensificar a atuação e sacrificando o que podem em prol do realismo (Anne Hathaway é um exemplo, já escolheu quebrar o dente para deixar uma cena mais realista).

Anne Os Miseráveis
Anne Hathaway como Fantine Imgem: Divulgação

Assim como todos os musicais, Os Miseráveis sofre por conta da população que não gosta de musicas em seus filmes, por isso, por mais lindo e emocionante que seja, o longa tem um público restrito, já que sem dúvidas irá se tornar cansativo aos que não gostam da temática e aos que não gosto de obras longas.

Ainda assim, aconselho que abram sua mente, se desliguem dos efeitos e cenas impactantes contidas nos blockbusters famosos e deem uma chance a essa profunda trama tão bem representada.

 

Nota do Thunder Wave
Os Miseráveis adapta bem a emocionante trama de Victor Hugo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,970FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Crítica | Dash&Lily

0
Dash & Lily é uma série encantadora e que através dos desafios feitos pelo caderno nos traz uma reflexão sobre enfrentar os nossos próprios medos e a sair da nossa bolha. O mundo pode ser um lugar incrível quando nos abrimos pra ele.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave