segunda-feira, 26, julho, 2021
InícioColunasEspecialGuia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil

Netflix, Disney+, Prime Video, HBO Max, Globoplay, entre outras, como funcionam e realmente valem a pena?

Durante décadas o mundo viveu o grande auge da televisão. Com algumas emissoras nascendo, outras morrendo, até o nascimento da TV a cabo, que não foi no final do século passado, mas sim nos 1950 nos EUA. De lá para cá este sistema apenas aumentou e nos 1990 viveu seu apogeu no Brasil com algumas delas brigando por assinantes. Cada uma possuia o seu catálogo e a promessa de assistir a séries e filmes sem ter comerciais.

Só que com o tempo isto começou a cansar, principalmente devido ao elevado custo, quantidade “besta” de canais, já que dentro de seu catálogo estavam até TVs abertas e outras que ninguém iria assistir. Outro ponto que começou a se tornar negativo foi a mudança de público. Se antes as emissoras – inclusive de cabo -, obrigavam ao assinante assistir sua programação naquela hora, com a chegada do YouTube, o público podia assistir na hora que bem quisesse.

Com isto os streamings começaram a surgir e no Brasil a também chegou. A Globoplay foi uma daquelas que meio que deu início a isso sendo lançada em 3 de novembro de 2015. Mas o que conhecemos como Streaming veio com a Netflix que desembarcou em território nacional em 5 de setembro de 2011. E desde então, o nosso país apenas ganhou em mais sistemas de streaming, como a Prime Vídeo, Disney+ e a chegada da HBO Max.

E a pergunta na cabeça de muita gente, que está na Netflix, sem dúvida, é: vale a pena assinar mais um serviço de streaming ou deixar de assinar para um novo? Pois bem, esta pergunta será respondida abaixo com Prós e Contras de cada um destes sistemas. O artigo será bem objetivo e simples. Portanto, segue um guia quase definitivo destes serviços de streamings, inclusive com seus valores ofertados. Não se esqueça de observar a data de postagem deste artigo, pois os preços podem sofrer modificações.

Netflix

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 1

Lógico que o início deste artigo deve ser com a Netflix. Querendo ou não, o canal de streaming ainda é a cereja do bolo e a queridinha entre os assinantes nacionais. Até mesmo dos EUA. A Netflix possui um catálogo com mais de 4 mil filmes e 1.500 programas e tem como público os jovens. Sim, os mais velhos também consomem, mas como deu para perceber pelo evento da empresa, o Tudum, os adolescentes são a maioria.

Ele também é o serviço mais acessível em todo o mundo, agora disponível em mais de 200 países, embora alguns programas e filmes variem dependendo da região. Outro fator interessante é que o aplicativo funciona muito bem em dispositivos móveis, permitindo inclusive que o assinante possa baixar o que deseja e assistir offline.

No Netflix Originals, a empresa possui uma biblioteca interessante com séries como Stranger Things, Queer Eye, além da parceria com algumas estrelas como Adam Sandler e a nova fechada com Steven Spielberg. Mesmo que o nome Original Netflix traga algumas discussões, ela não é a parte mais popular da plataforma. E também vem perdendo algumas séries devido a seu contrato como as séries da Marvel (Disney+), da DC Comics (HBO Max), Friends também para a HBO Max, entre outros.

Ela pode até estar perdendo seus principais filmes e programas para as rivais, mas ainda mantém o pódio, principalmente porque tem dado um pouco – não como deveria ainda -, para as produções nacionais que tem sido destaque em outras plataformas, de uma maneira crítica e adulta, mostrando que o mercado de roteiristas brasileiros não deixa nada a desejar para o internacional.

Assinatura

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 2

Prós

  • Maior variedade de conteúdo
  • Preços competitivos
  • Acessibilidade mundial
  • Mistura de originais e trabalho sindicado

Contras

  • O plano mais barato não oferece os mesmos benefícios que os concorrentes
  • Acabará perdendo conteúdo para os rivais

Amazon Prime Video

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 3

A Amazon domina completamente o mercado de compras online, isto não é dúvida alguma. Mas quando se trata dos stramings, a Prime Video ainda está crescendo, mesmo que já seja uma pedra e tanto no sapato de sua concorrente Netflix e até mesmo do Disney+ e HBO Max, no Brasil. A Primei possui um catálogo muito interessante de filmes, séries e até de animes.

Com séries e filmes clássicos, o canal de streaming tem sido uma ótima opção para um público mais velho e sedento por algo mais diferenciado, inclusive com uma boa programação vinda da BBC como Good Omens e adaptações de quadrinhos bem feitas como The Boys. Além disso em seu catálogo podem ser encontradas obras nacionais de respeito como Fazendas Históricas, Colônia, 5X Comédia entre outros.

Esta tem sido uma boa opção para quem gosta do mercado audio visual brasileiro, e a Prime tem sido mais do que responsável em fazer seus originais nacionais. O canal também possui outras ótimas obras de conteúdo social e crítico omo Fleabeg, Ms. Maisel, e outras que são realmente fantásticas e que te fazem pensar. Fora isso tudo, ela tem um programa extra de assinatura dentro de sua plataforma, que funciona melhor que da Netflix, com uma separação mais limpa de seu catálogo. Os outros estúdios que o assinante pode adquirir são: MGM, Premiere, Starzplay, Paramount+, Looke, entre outras.

Assinatura

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 4

Prós

  • Oferece outros benefícios além do streaming de vídeo
  • Amazon Originals são muito melhores
  • Plano mais barato que a concorrência

Contras

  • Pode perder conteúdo futuro

Disney+

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 5

O Disney+ chegou ao Brasil como em outos locais do mundo: quebrando tudo. Ela possui uma biblioteca fantástica com produtos Disney separados por décadas, o que com certeza é uma alegria para as gerações de avós e pais que odem finalmente assistir a filmes antigos. Para se ter uma ideia, tem material da década de 1920. Lógico que não estão nesta lista aqueles que a Disney resolveu simplesmente esquecer como A Canção do Sul, considerado um longa totalmente racista. Não que ele deva estar em seu catálogo, mas simplesmente banir da história como se nunca tivesse sido feito, é totalmente hipócrita.

Existem algumas animações que acabaram sendo retiradas de seu catálogo infantil por terem um conteúdo com estereótipos racistas como Peter Pan. A Disney não o retirou de sua biblioteca, apenas não está mais acessível como infantil. A produtora disse que o motivo de Peter Pan não estar mais na area infantil é por ter termos como “peles vermelhas”. O que realmente é significativo. Também saíram do infantil Aristogatas, Dumbo e A Cidadela dos Robinsons.

Mesmo assim, o catálogo do Disney+ é um sabor a parte, com conteúdos exclusivos que dificilmente serão encontrados em algum outro local, principalmente para os fãs de Star Wars e da Marvel. Diferente do que acontece com Star Trek, que os fãs brasileiros acabam por ser divididos entre Prime Video (Picard) e Netflix (Discovery), o material do Disney+ é mais bem trabalhado nesta questão.

Outro ponto de interesse são as séries da Marvel que chegam no canal de streaming como WandaVision, Falcão e o Soldado Invernal, Loki e os que virão no futuro. Vale ainda a programação da Fox que a Disney comprou como Os Simpsons e seu canal de documentário Natgeo que possui uma biblioteca excelente e versátil de documentários como Cosmos apresentado por Neil deGrasse Tyson.

Além disso o aplicativo é um dos melhores e dá um banho na maneira como sua programação é separada, ficando fácil saber quais programas foram de verdade adicionados naquela semana e quais está assistindo, diferente por exemplo da Netflix que lançamentos de mais um ano ainda aparecem como se tivessem sido colocados recentemente ou sua lista do que está assistindo acaba “sumindo”.

Assinatura

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 6

Prós

  • Alguns dos maiores filmes e programas de sucesso
  • Catálogo exclusivo de Star Wars e Marvel
  • Programação separada como Natgeo

Contras

  • Alguns de seus principais lançamentos chegarão apenas no final do ano, o que pode ser um motivo para muitos não assinarem por enquanto
  • Pagar para assistir a alguns lançamentos, mesmo sendo assinante

HBO Max

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 7

A HBO Max finalmente chegou ao Brasil. O caçula dos serviços de streaming chega depois do Disney+ com um repertório próprio de filmes e séries. Como acontece com a Disney que é dona do Disney+, a HBO Max é controlada peelo grupo grupo Warner e possui exclusivos impressionantes de décadas de história, além dos heróis da DC, o que promete trazer uma briga muito boa com a sua rival Marvel e até mesmo com os outros serviços.

Entre os exclusivos, estão os que foram feitos pela HBO como Game of Thrones, Westworld, Veep e The Wire, além da chegada de Friends, um dos maiores sucessos de todos os tempos. Também os infantis como os Looney Tunes para compor um número já gigantesco de shows. Fora disso, esta é a casa de filmes que chegarão como Matrix 4, Duna, e outros que já passaram pelo cinema como Mortal Kombat, The Suicide Squad, Godzilla vs Kong e In The Heights.

Alguns destes, pelo menos no Brasil, virão em um futuro próximo, pois ainda estão no catálogo de outras empresas ou em serviços de filmes alugados. O que é normal, já que estes filmes são distribuídos por empresas parceiras da WB no Brasil. Isto é bem visto como por exemplo com Titãs que por aqui começou na Netflix, Um Maluco no Pedaço que está no Globoplay etc.

Quanto ao seu aplicativo, não pudemos fazer um teste e dizer com precisão se ele é bom ou não, por isso ficaremos devendo esta parte.

Assinatura

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 8

Prós

  • Conteúdo HBO sem a necessidade de inscrição para cabo
  • Exclusivos impressionantes
  • Vasta biblioteca de filmes e TV da Warner Bros.
  • Novos filmes da Warner Bros. para 2021

Contras

  • Alguns conteúdos Warner, pelo menos no Brasil, ainda estão em outros programas de Streaming como Netflix, Prime e Globoplay, mas que irão futuramente para a HBO Max.

Globoplay

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 9

Um dos primeiros serviços de streaming, o Globoplay possui um catálogo bem versátil. Não apenas com produtos da Rede Globo, mas também um vasto acervo em sua biblioteca com séries e filmes que muitas vezes são esquecidas pelos outros serviços.

Mas ele também tem uma vantagem de ter séries e filmes do áudio visual brasileiro que são um sucesso entre o público como Ilha de Ferro, 1 Contra Todos, Sob Pressão, A Grande Família, entre outros.

Além disso, para aqueles que gostam da história de nossa dramaturgia, as novelas de sucesso da Globo também estão presentes, não todas, mas estão ali desde clássicas as mais novas, assim como as minisséries da emissora.

Seu aplicativo ainda peca em não conseguir “lembrar” do que adiciona para assistir em breve, assim como alguns erros sequenciais do que está assistindo, mas nada muito grave. Outra vantagem é a parceria entre o Globoplay e Disney+, com um custo realmente atrativo. Também os assinantes Globoplay ou Globoplay + canais ao vivo agora ganham 3 meses pra curtir o Apple TV+ de presente.

Pode não parecer interessante, mas o Globoplay é um serviço de streaming realmente bom que as pessoas não lembram, principalmente por ter um conteúdo nacional interessante. Lógico que ainda tem o BBB, caso goste, mas se não, o serviço vale a pena pela sua diversidade nacional e internacional.

Assinatura

Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 10

Prós

  • Versatilidade de programação, com alguns filmes e séries que também estão presentes em outros serviços de streaming
  • Poder assinar Globoplay e Disney+ por um valor mais barato do que um único serviço

Contras

  • Ainda falta um pouco mais de marketing por parte da empresa em se tornar menos “amiga” para o público
  • Plataforma que ainda apresenta muitos erros, como suas listas

Lembre-se de ficar atento a data de postagem deste artigo, pois os valores, programação entre outros, podem ser modificados pelas empresas acima mencionadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,914FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,251SeguidoresSeguir

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
Guia (quase) definitivo dos serviços de streaming no Brasil 17

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave