Psicose é um clássico. Qualquer pessoa familiarizada com as obras de Alfred Hitchock sabe o quão revolucionário o longa foi e os sacrifícios que o diretor precisou fazer para esse projeto ir para frente. Deu certo, até hoje o filme é assistido, mesmo sendo em preto e branco, e comentado. Mas Norman Bates é um personagem tão interessante, que seria uma pena ficar preso apenas na breve explicação dada em Psicose e pensando nisso o canal A&E resolveu criar a nova série Bates Motel, que tem como objetivo explicar como Norman passou de um adolescente normal para um assassino.

Esse piloto ditou o tom da série, mostrando que a trama será focada a partir do momento em que Norma Bates (Vera Farmiga) compra o motel que virá a se tornar o motel Bates e se muda para lá com seu filho Norman (Freddie Highmore). Claro, não sem antes mostrar o misterioso assassinato do pai do garoto, que deixa pistas de que ele está envolvido na morte dele.

Como que para comprovar o envolvimento de Norman nesse assassinato, um incidente com a mãe o proprietário do motel força o garoto a matar o proprietário, selando de vez o destino dele como assassino. Norman é apresentado como um menino inocente, ainda em sua adolescência, e aparentemente com problemas psicológicos devido ao seu relacionamento intimo com a mãe, sendo praticamente possessivo.

A série, que nem precisou passar pela aprovação de um piloto, partindo direto para a encomenda de 10 episódios para a primeira temporada, se mostrou muito promissora. Focando em um personagem icônico, porém sem muitas informações sobre seu passado, o roteiro parece muito competente, prometendo desenvolver uma complexa história a partir de especulações.

A escolha do elenco foi ótima, Highmore impressiona com sua capacidade de dar vida a um psicopata. Marcado por seus papeis infantis, o ator mostrou que seu talento vai muito além disso e entrega um Norman praticamente a prova de falhas. Vera Farmiga, que possuí um pequeno histórico em obras de terror, também faz bonito em seu papel, atuando muito bem com o típica mãe inocente e super protetora.

Norman vs Norman

Bates Motel é uma série que merece sua atenção, sendo fã ou não do clássico de Hitchcock. Apenas o teor psicológico da obra promete agradar a todos, mesmo os que não conhecem a obra original.

Veja mais sobre Bates Motel

Quer comentar sobre as produções com pessoas que possuem o mesmo interesse? Entre no nosso grupo do facebook e comece a discussão!

Veredito
Nota do Thunder Wave
Compartilhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Please enter your name here