sábado, 26, setembro, 2020
Início Críticas Primeiras Impressões Primeiras Impressões: Limitless

Primeiras Impressões: Limitless

Primeiras Impressões limitless

Começando a onda de reboots e remakes, chega Limitless, baseada no filme de mesmo nome, traduzido no Brasil como Sem Limites, que já era baseado na graphic novel The Dark Fields.

Fazer primeiras impressões anda sendo um trabalho bem complicado ultimamente. Esse monte de séries “reciclada” desanimam para ver os pilotos e não sei até onde esse sentimento de “ qual a necessidade disso?” afeta meu julgamento sobre a qualidade da mesma.

Tenho dito disso, digo que tive exatamente essa sensação de assistir algo desnecessário no piloto de Limitless. Não vou dizer que foi ruim, muito pelo contrario, achei muito bom, mas fiquei com aquela sensação de estar vendo algo sem futuro.

Passada após os acontecimentos do filme, Limitless nos apresenta Brian Finch (Jake McDorman), um cara comum cheio de planos frustrados. Sua vida muda quando encontra um amigo que lhe oferece a droga NZT-48, que aumenta drasticamente o QI de Brian, transformando-o em um gênio e apurando seus sentidos e habilidades.

limitlessMas, como tudo que é bom dura pouco, esse amigo é assassinado e Brian vira o principal suspeito. Agora ele precisa convencer Rebecca Harris (Jennifer Carpenter), agente do FBI, de que é inocente. Com um grande esforço, Brian consegue convencer Rebecca e acaba se unindo a ela para ajudar a desvendar os mistérios que cercam essa droga.

Além dos mistérios dos assassinatos, Brian tem também o problema dos efeitos colaterais. E é aí que entra a participação, tão aguardada pelo público, de  Bradley Cooper. Repetindo seu papel como Eddie Mora, ele chega para ajudar Brian com esses efeitos colaterais, em troca de ajuda em alguns casos futuros.  Aí já temos uma boa idéia do caminho que a temporada vai seguir.

Esse piloto cumpriu muito bem seu serviço de introdução da série. Os personagens foram muito bem apresentados e deixou bem claro o caminho que pretende seguir, nos mostrando o que esperar do decorrer da temporada. Em questão de qualidade visual, não tenho do que reclamar também. Os efeitos foram muito bem utilizados, mostrando perfeitamente os efeitos da NZT-48 nas habilidades de Brian. Além de tudo isso, o ritmo não caiu em nenhum momento, deixando o interesse do espectador aguçado do inicio ao fim.

Quando ao futuro de Limitless, não posso afirmar que confie muito nele. É uma boa série, foi bem apresentada e a premissa já se provou agradável ao público, porém, acho que as chances de Limitless cair na mesmice e, pior ainda, entrar no problema de ficar na investigação de casos isolados durante maior parte da temporada, são grandes. Ainda assim, até o momento, é a melhor aposta da Fall Season.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,008FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,360SeguidoresSeguir

Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina: Três brasileiros disputam a...

0
Cléber, Milton e Sandro estão entre os quatro finalistas da terceira temporada da competição que aqueceu os corações dos cuteleiros amadores. Qual brasileiro conquistará o tricampeonato?

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave