segunda-feira, 28, setembro, 2020
Início Críticas Primeiras Impressões Primeiras Impressões: Me, Myself & I

Primeiras Impressões: Me, Myself & I

Um vida contada por três gerações

Inovar é sempre bom. Todo ano, durante a Fall e a Summer Season, estréiam várias séries com premissas e execuções parecidas. Por isso, é sempre uma grata surpresa quando algo diferente aparece, mesmo que a trama não seja inovadora em todos os sentidos.

Me, Myself & I tem esse chamativo, sua proposta é diferente e nesse ponto já agrada logo de cara. Contando a história de Alex Riley, narrada por suas três gerações, a produção mostra uma trama cotidiana, mas com uma execução original.

Primeiras Impressões: Me, Myself & I 1
Me, Myself & I | Imagem: CBS

Bobby Moynihan, ex-integrante da equipe de Saturday Night Live, dá vida à versão adulta de Alex- na casa dos 40-, e abre o episódio explicando rapidamente a trama. Jack Dylan Grazer, ator mirim que já está bem conhecido por seu papel de Eddie em IT- A Coisa, ilustra a infância do personagem e John Larroquette vive a versão sênior. Alex é um inventor, que mostra ter talento desde pequeno, mas pelo que podemos perceber quando vemos sua vida adulta, não conseguiu chegar ao topo ainda.

Sem dúvidas, a narrativa mais cativante é a sua infância. Não apenas por conta do talento de Grazer e seu meio-irmão Justin (Christopher Paul Richards), que conseguem roubar completamente a cena, mas também por ser fácil de se identificar com os simples dilemas adolescentes e carregar a parte mais intima do episódio. Essa fase da vida do protagonista existe para ilustrar sua motivação para perseguir a carreira escolhida e por isso seu relacionamento com o padrasto e meio-irmão são muito importantes.

Primeiras Impressões: Me, Myself & I 2
Jack Dylan Grazer e Christopher Paul Richards de Me, Myself & I | Imagem: CBS

Já a época adulta e mais velha caem um pouco no comum, ao menos nesse piloto. Alex é retratado como o típico perdedor, que acaba de se separar e está tentando se reerguer enquanto tenta manter o relacionamento com a filha intacto, enquanto o mais velho mostra os conhecidos problemas de saúde. Entretanto, no final do episódio, há uma reviravolta interessante e promissora.

Me, Myself & I é uma produção simples e muito bem feita. O roteiro consegue interligar a trama sem dificuldades com a ajuda da direção que sabe colocar cortes estratégicos, entrelaçando os acontecimentos e tornando a série ainda mais original.

Esse piloto apresenta uma ideia promissora que se encaixa com o estilo comédia leve e os episódios curtos. Com boas atuações e uma bela qualidade na produção, é o tipo de série interessante para se passar o tempo e, se não cair na rotina das comédias casuais, conseguirá cativar o público por um bom tempo.

Nota do Thunder Wave
Com uma proposta diferente, a série é uma boa comédia de qualidade, que promete agradar com sua simplicidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,008FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,360SeguidoresSeguir

Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina: Três brasileiros disputam a...

0
Cléber, Milton e Sandro estão entre os quatro finalistas da terceira temporada da competição que aqueceu os corações dos cuteleiros amadores. Qual brasileiro conquistará o tricampeonato?

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave