terça-feira, 29, setembro, 2020
Início Críticas Primeiras Impressões Primeiras impressões: Powerless

Primeiras impressões: Powerless

"Nem todo super herói usa capas"

Séries de super-heróis estão dominando as grades de programação, a NBC resolveu abraçar o sucesso que essa temática está fazendo e lançar a sua, porém, sem super-poderes!

Sim, essa é a ideia de Powerless (que em tradução livre quer dizer exatamente isso, sem poderes), que se foca em um grupo de inventores de acessórios para os heróis.

Situada na fictícia Charm City, uma cidade que possuí tanto herói que já se tornou rotina encontrar com vários a caminho do trabalho, a trama começa com Emily Locke (Vanessa Hudgens), que sonha em fazer diferença no mundo e por isso se muda para a cidade em busca de um emprego onde possa conquistar esse sonho. Ela então começa a trabalhar na empresa Wayne Security, comandada pelo primo distante de Bruce Wayne, Van Wayne (Alan Tudyk, de Firefly), onde fabricam acessórios para os heróis. Todos os envolvidos são relacionados apenas à DC.

Primeiras impressões: Powerless 1
Powerless: Danny Pudi,Vanessa Hudgens e Christina Kirk
Foto:Chris Large/NBC

Essa é a graça de Powerless, uma garota que consegue achar impressionante a vida ao redor de heróis, quando todos acham costumeiro demais. De um jeito divertido, que quase pende pro ridículo, a série diverte e solta uma pequena crítica à sociedade que não sabe mais dar valor às coisas cotidianas. E se você souber analisar, chega a dar uma cutucada nas inúmeras séries de heróis existentes…

O piloto foi despretensioso e divertido, apresentando o básico dos personagens e ditando o tom da obra. Para realçar a comédia, o elenco conta com nomes como Danny Pudi (conhecido por seu papel em Community), Christina Kirk e Ron Funches.

Sendo basicamente uma série de super-heróis onde eles são os coadjuvantes, Powerless é uma estreia engraça e diferente, que consegue entreter sem exagerar no absurdo e ainda passa a mensagem de que não é preciso ter poderes para poder salvar o mundo.

O elenco se encaixou bem, a química deles mantém a qualidade do episódio. Dá pra notar que a série tem um pouco de Community nela, com o relacionamento de Emily já começando do modo errado com alguns de seus colegas. Sem dúvidas essas patadas serão muito exploradas no futuro.

Entretanto, vale sempre mencionar que por mais que o piloto tenha agradado, a temática simples da obra é um pouco preocupante. Tendo apenas um vilão como apoio e boas referências, será que consegue manter o interesse por muitos episódios?

A primeira temporada de Powerless irá contar com 13 episódios. Ainda não há informações de quem passará a série no Brasil.

Nota do Thunder Wave
Engraçada e simples, Powerless é uma boa mudança de ares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,008FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,359SeguidoresSeguir

Desafio Sob Fogo Brasil e América Latina: Três brasileiros disputam a...

0
Cléber, Milton e Sandro estão entre os quatro finalistas da terceira temporada da competição que aqueceu os corações dos cuteleiros amadores. Qual brasileiro conquistará o tricampeonato?

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave