Resenha: A Garota Dinamarquesa- David Ebershoff

10
17722

 

Einar Wegener é um nome importantíssimo para os transexuais de todo o mundo. Einar virou oficialmente Lili Elbe e ficou conhecida como a primeira pessoa a fazer uma cirurgia de mudança de sexo, na década de 20.

David Ebershoff escreveu sobre a vida de Lili em A Garota Dinamarquesa, mas que fique bem claro, segundo o próprio autor, essa obra é baseada em fatos reais mas não pode ser considerada uma biografia, visto que ele mesmo tomou liberdades criativas para narrar fatos que fugiam de seu conhecimento. Ebershoff se baseou em todas as notícias que saíram de Lili e em seu diário pessoal.

Em A Garota Dinamarquesa acompanhamos o caminho que levou Einar a se descobrir como Lili. Com uma narrativa íntima e polida, conhecemos mais sobre o passado de Einar e sua esposa Gerda, enquanto vemos o desenvolvimento dessa descoberta, assim como os caminhos e dificuldades que ela leva.

Não tenho conhecimento o suficiente para julgar se a representação dos sentimentos de Einar/Lili são fieis, mas achei extremamente interessante como os dois tinham uma vida separada, dividindo apenas um corpo. Aqui, a transição se justifica pelo fato de Einar ter nascido homem, mas internamente ser mulher.

Fiel ou não, é uma obra emocionante. A beleza dela vai muito além da transformação Lili, é lindo ver todo o apoio que ela teve de Gerda, que ajudou até onde pôde, além de seu cunhado e o famoso Hans, amigo de infância. Em nenhum momento eles julgaram seu comportamento ou decisão, apenas acompanharam e ajudaram em tudo que podiam.

Tanto o filme como o livro geraram vários comentários de pessoas dizendo que o desabrochar de Lili não foi bem representado. Sobre isso, apenas posso dizer que o escritor afirma em uma entrevista anexada ao final do livro que as pessoas trans da atualidade provavelmente não têm essa visão de si mesmas, porém, Lilly encarou sua transição desta maneira, fato que pode ser confirmado na autobiografia From Man into Woman.

Garota Dinamarquesa

A Garota Dinamarquesa é uma leitura recomendada para quem gosta de histórias emocionantes com uma boa análise psicológica. Também é indicada para os fãs de romance, já que a relação entre Gerda, Lili e Einar é a mais bonita que achará em qualquer obra.

10 COMENTÁRIOS

  1. Realmente não duvido que a obra seja emocionante, porém não sei se gosto muito dessa pegada psicológica.
    A história não me chamou muita atenção.
    Mas talvez desse uma chance pelo romance.

    Lisossomos

  2. Oi,tudo bem?
    Eu vi bastantes comentários do filme e não sabia da existência do livro Achei o conteúdo bem legal e leria sem pensar duas vezes. acho a história linda e muito interessante.

  3. Hello!
    Eu choreiiii vendo o trailer desse filme!
    Fiquei louca para assistir ao fime, mas acho que vou ler A Garota Dinamarquesa antes.
    Com certeza vou me emocionar mto! O alto teor psicológico vai me deixar no chao, certeza!
    Beijos!

  4. eu não sabia da existência do livro até ver sobre o filme… fiquei beeem interessada em conhecer a obra, pois o tema me atrai… quanto à interpretação, nem tem como eu falar nada pois não li e não vi pra fazer a comparação, mas num todo, só ouço elogios ao trabalho…

  5. Oie.
    Estou vendo postagens sobre o filme direto na minha time line.
    Não sabia que tinha o livro, agora vou procurar por ele antes de assistir ao mesmo.
    Adorei sua resenha, muito objetiva e sem spoiler. Parabéns!
    Abraço!

  6. Oi

    Eu estou querendo muito ler esse livro, tenho visto resenhas, tanto do filme quanto do livro, incríveis e cheias de elogios. Dá muita vontade de ler, ainda mais que parece ser bem cheio de sentimentos e quero ler a entrevista do final!

    Beijos

    LuMartinho | Face

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui