segunda-feira, 27, junho, 2022

Resumo

A Serpente de Essex leva o leitor a acreditar que já entendeu todos os acontecimentos, quando na verdade ainda está totalmente preso em um pântano de mistérios até o pescoço.

Resenha | A Serpente de Essex – Sarah Perry

A Serpente de Essex escrito por Sarah Perry e lançado no Brasil pela editora Intrínseca, acaba de ganhar uma adaptação em streaming para o Apple TV+, estrelado por Claire Danes e Tom Hiddleston.

O livro acontece em Londres, 1893. É com alívio e tristeza que Cora Seaborne se torna viúva. Depois da morte do marido controlador, ela se muda da metrópole para o condado de Essex com o filho Francis, um menino obsessivo e curioso, e a babá do garoto, Martha, na esperança de que a mudança de ambiente e o ar puro possam servir de refúgio para a família.

Ao se instalarem nesse novo lugar, porém, ela logo fica sabendo de boatos sobre a Serpente de Essex, uma criatura mítica que, no passado, segundo a lenda local, vagava pelos pântanos ceifando vidas, e que agora teria voltado para aterrorizar a paróquia costeira de Aldwinter. Cora, uma naturalista amadora sem paciência para superstições, se encanta pela história, convencida de que o monstro descrito pela população é, na verdade, uma espécie ainda não conhecida. Ao iniciar uma busca a partir dos rastros dessa lenda, ela é apresentada a William Ransome, o vigário de Aldwinter, um homem incrédulo e desconfiado que teme que essas invenções e fantasias distraiam as pessoas do verdadeiro caminho da fé.

Enquanto William tenta acalmar seus fiéis, ele e Cora procuram descobrir a verdade por trás do mito e, embora completamente diferentes, estabelecem uma relação intensa e surpreendente na mesma medida. A Serpente de Essex é uma celebração do amor e das várias formas pelas quais ele pode se manifestar.

A Serpente de Essex, como descrito acima, é um livro mais do que empolgante. Seu estilo de escrita, mais formal, pode até afastar alguns leitores que acham isso entendiante, mas se derem oportunidade, irão se deparar com algo que irá os absorver por completo. O livro te faz esquecer que realmente está lendo algo, pois sua história e personagens são tem bem elaborados, que o leitor ficará totalmente absorto neste romance.

O livro é cheio de camadas, como por exemplo a sociedade Inglesa da época, como viviam, seus pensamentos e como a personagem, agora viúva, interage com todos ao seu redor. A outra é o mistério que envolve uma morte. O corpo foi encontrado com uma expressão totalmente estranha. E para juntar isso tudo, ainda temos toda a superstição que envolve o local e a sociedade da época.

Estes são os recheios de A Serpente de Essex, que o leitor ficará totalmente intrigado, ainda mais por envolver uma tríade que é muito difícil de ser trabalhada e/ou explorada: Fé, Razão e liberdade. Cada um desses aspectos estarão ali durante a história e chegarão até mesmo a explorar o leitor e fazê-lo realmente mergulhar nas profundezas de cada personagem para entender os acontecimentos.

Como um bom livro de mistério, A Serpente de Essex leva o leitor a achar que está certo em muitas pontos para ao longo da trama perceber que tudo o que achava ser verdadeiro, nada mais eram do que pedras soltas em um pântano. Portanto, uma boa dose de imaginação e mente aberta para os acontecimentos, farão com que o leitor realmente se delicie com esta história e seus personagens tão bem delineados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Resenha | A Serpente de Essex - Sarah PerryA Serpente de Essex leva o leitor a acreditar que já entendeu todos os acontecimentos, quando na verdade ainda está totalmente preso em um pântano de mistérios até o pescoço.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave