segunda-feira, 6, dezembro, 2021

Resumo

Não adianta dizer para não chorar. É um livro muito bonito sobre amizade e sobre a maneira de ser de cada pessoa e como perfis tão diferentes podem se completar. O livro nos mostra o real valor de uma amizade de anos que mesmo com o passar do tempo, as protagonistas parecem voltar à infância quando se conheceram. Com final surpreendente, é uma ótima recomendação!

Resenha | Amigas para Sempre

Na trama, conhecemos Tully e Kate (ou TullyeKate) duas meninas que apesar de todas as diferenças entre elas e os caminhos que seguiram, ainda continuaram amigas de três décadas. O livro nos traz a visão tanto de Tully quanto de Kate, acompanhamos um pouco o que aconteceu na vida das duas com o passar dos anos.

Leia | Crítica | Amigas Para Sempre

É uma trama longa, com uma carga emocional muito forte e que tem alguns gatilhos: fala sobre drogasestupro e abandono. Kristin escreve sobre a vida de duas meninas que se encontraram e se reconheceram. Duas meninas que fizeram uma promessa e que cumprem ao longo dos anos, mesmo com as dificuldades e percalços que encontraram no caminho.

“Este era o segredo de grandes amigas. Como irmãs e mães, elas podiam nos deixar furiosas, nos fazer chorar e nos magoar, mas, no fim, quando era preciso, elas estavam lá, nos fazendo rir mesmo nos piores momentos.”

O livro é dividido em quatro partes. Cada parte é referente a uma década da amizade. O início, quando as duas se conheceram nos anos 1970, a segunda, quando elas estavam na faculdade nos anos 1980, a terceira, quando elas estavam conquistando os sucessos da vida nos anos 1990 e a parte quatro que mostra o novo milênio, os anos 2000 e tudo que elas tiveram que superar para chegar até aqui.

Tully e Kate têm personalidades e histórias muito diferentes. Enquanto Kate é uma menina tímida, calam, racional e inteligente, Tully ilumina todos os lugares que passa com sua beleza e animação. A família de Kate é uma família amorosa e presente, e Tully tem uma mãe que vive abandonando a garota, e só pode contar com seus avós.

A trama mostra Tully como o centro da história construída entre ela e Kate que acaba orbitando em volta da amiga e renunciando muita coisa por ela. Kate é uma personagem que transmite paz, calma, cuidado, carinho e compreensão. Já Tully transmite uma coragem, uma determinação descomunal, porém, às vezes se mostra muito egoísta, prepotente e até mesmo arrogante.

“Às vezes a vida nos vence. Só isso. É como disseram os stones: you can´t always get what you want, nem sempre conseguimos o que queremos.”

Não é de propósito, Tully não é uma pessoa que fica tentando apagar a amiga e ela dá sinais disso, assim como quer o melhor para si, quer o melhor para Kate também. A lealdade delas é algo muito bonito e quase incomum de ser vista nos dias de hoje. E como em qualquer outro relacionamento, elas se amavam, mas também brigaram, afinal, um relacionamento de 30 anos sem nenhuma briga não traria a realidade que a história tem. A história é comovente e mostra não apenas o lado bom da amizade, mas também o ruim, o perverso, o triste.

É um livro que vai fazer com que você molhe muitos lenços. No fim, entendemos a razão de Kate ser quem é. Em uma época em que as mulheres tinham que se esforçar o dobro para conseguir reconhecimento, Tully vai em frente em busca de seus objetivos e seus sonhos se torna alguém de muito respeito na mídia. Já Kate, tem sonhos diferentes da melhor amiga e nem por isso, deixam de ser difíceis e desafiadores. Tully aprende isso com o passar do tempo e das páginas.

“De que servia incendiar o mundo se ela teria que assistir ao brilho sozinha?”

O pano de fundo da história é o jornalismo e faz com quem leia se sinta mais perto das aventuras de quem passa por essa profissão. A história é fluída e cheia de acontecimentos que surpreendem. Também é uma obra reflexiva que ao abordar o câncer de mama mostra o cuidado da autora com quem já passou por isso.

O enredo é muito bem feito. Personagens bem construídos e com arcos bem definidos, carismáticos e reais. A trama tem uma trilha sonora própria, cada música citada na trama é como se a autora estivesse guiando a experiência do leitor com o livro. A mensagem que a história passa é de cuidar um do outro enquanto temos tempo. De ser você de verdade. De amar de forma verdadeira. De estar por perto nos bons e não tão bons momentos.

“cada um pode escolher o seu destino e todo o destino, tem seus desafios, nenhum pode ser menosprezado

Kristin Hannah é uma ex-advogada que virou escritora. Com mais de 20 livros publicados, um dos seus maiores sucessos é “O Rouxinol” que já foi publicado em mais de 40 idiomas. “Amigas para sempre” é outro sucesso da autora, a história se tornou best-seller em 2009, unindo mulheres.

“Amigas para sempre” tem uma adaptação disponível na Netflix com 10 episódios. Série que conta com Katherine Heigl como Tully Hart e Sarah Charlke na pele de Kate Mularkey. A obra de Kristin Hannah é publicada pela Editora Arqueiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave