sexta-feira, 27, novembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica: Brooklyn

Crítica: Brooklyn

Um dos concorrentes ao Oscar desse ano é Brooklyn, que retrata a vida de uma imigrante Irlandesa na década de 50. Na época, a estimativa era que tinha mais Irlandeses no EUA do que em Dublin, e esses viviam quase sempre precariamente no Brooklyn.

Na trama acompanhamos de perto a vida de Ellis Lacey (Saoirse Ronan, de A Hospedeira) uma jovem Irlandesa que deseja melhorar sua condição de vida e parte para Brooklyn, deixando sua mãe e irmã para trás. Ellis conseguiu um bom esquema, com a ajuda da irmã, por isso tem moradia numa pensão e emprego garantidos.

Resenha Brooklyn

Ellis passa seus primeiros meses sofrendo, com saudades de casa, mas ainda assim persegue seu sonho e começa a estudar contabilidade. Até que um dia, em um baile, Ellis conhece Anthony (Emory Cohen, de O Lugar Onde Tudo Termina) e seu amor pelo rapaz renova seu ânimo.

Um grave acontecimento faz com Ellis retorne à Irlanda para ficar com a família. Ao voltar para sua cidade, a jovem vê oportunidades que não tinha antes e acaba ficando dividida entre ficar na sua terra natal com sua família e novas oportunidades ou voltar para o Brooklyn e viver com Tony.

Critica Brooklyn

Brooklyn retrata muito bem a dificuldade da época, usando de pequenos momentos onde vemos a diferença da evolução entre os dois países e a vida dos outros Irlandeses que não tiveram muita sorte nos EUA, mas seu foco no romance de Ellis acaba dividindo as opiniões sobre a obra. Para alguns, é um roteiro simples demais, muito voltado para um romance e a simplicidade não justifica sua indicação ao Oscar.

Porém, Brooklyn é muito mais que isso. Além de conseguir retratar um período difícil de uma maneira muito leve, sem apelar para cenas de forte impacto, o longa possui uma fotografia incrível e atuações que de fato dão uma qualidade superior à trama. Saoirse Ronan é quem mais se destaca em seu papel, encarnando com louvor uma personagem que no inicio é inocente e triste, mas muda completamente ao se acostumar com os costumes americanos.

A obra é linda em sua simplicidade, e mesmo com uma grande puxada para o romance, compensa por seu teor histórico. Vale a pena conferir.

Dirigido por John Crowley, Brooklyn estreia nessa quinta, 11 de fevereiro nos cinemas.

 

Nota do Thunder Wave
O longa divide opiniões pelo seu alto teor romance, mas a trama vai muito além disso e compensa pelo retrato da época.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,971FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Gameplay de Cyberpunk 2077 para Xbox Series X/S é revelado

0
A CD PROJEKT RED lançou hoje o vídeo de gameplay rodando Cyberpunk 2077 no Xbox One X e no Xbox Series X.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave