domingo, 17, outubro, 2021

Crítica: Planeta dos Macacos- O Confronto

Uma das principais críticas à atual Hollywood está na falta de criatividade dos produtores e executivos que, por preguiça ou receio, realizam, em sua maioria, filmes que são remakes ou continuações.Se isso é o que “tem para hoje”, então, resta a nós, cinéfilos, torcermos para que aquilo que nos é oferecido seja, pelo menos, de boa qualidade.

Foi o que aconteceu em 2011, quando Planeta dos Macacos: A Origem, uma espécie de prequel para o clássico Planeta dos Macacos, de 1968, chegou aos cinemas, e é o que acontece novamente com Planeta dos Macacos: O Confronto (Dawn of the Planet of the Apes, EUA, 2014), sequência cujo lançamento ocorre hoje, dia 24 de julho.

Avançando dez anos após o clímax de A Origem, Planeta dos Macacos: O Confronto tem início quando boa parte da população do planeta Terra encontra-se dizimada por conta do vírus surgido em laboratório, durante os experimentos realizados com símios, visando a cura do Alzheimer e, por consequência, desenvolvendo a inteligência dos primatas. Após anos de batalhas, os macacos e a pequena parcela de humanos sobreviventes sustentam uma frágil trégua e, na cidade de São Francisco, um reduzido grupo de pessoas, liderado por Dreyfus (Gary Oldman, de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge), sobrevive numa espécie de galpão, isolado de todos e tentando contato com possíveis sobreviventes. Na floresta, um outro grupo segue com a vida: trata-se dos macacos que, liderados por Caesar (Andy Serkis, de O Senhor dos Anéis), vivem como uma comunidade organizada, desejando apenas manter distância dos homens, causadores de tantos males na época dos experimentos em laboratório. Tudo corre bem e de maneira harmoniosa, até que um grupo de humanos invade o território dos símios, em busca de recursos para manter a vida. Malcolm (Jason Clarke, de O Grande Gatsby), líder da expedição, fica responsável por dialogar com Caesar, para convencer o líder dos macacos a permitir a presença humana em seu território, visando reativar uma usina hidroelétrica, uma vez que a eletricidade, vital para a sobrevivência dos humanos, está chegando ao fim. O impasse entre humanos e primatas, que em muito lembra as relações geopolíticas contemporâneas, é o que mantém a tensão da narrativa de Planeta dos Macacos: O Confronto.

Crítica: Planeta dos Macacos- O Confronto 1

No entanto, em momento algum isso faz do filme uma experiência tediosa. A frágil trégua entre os dois grupos e a insubordinação iminente que deve ser enfrentada, tanto por parte de Caesar, quanto por parte de Malcolm, resultado do medo e insatisfação de alguns membros de seus respectivos grupos, prende a atenção do espectador e tudo é permeado por empolgantes cenas de ação. Mas está na tecnologia o grande triunfo da produção. O resultado apresentado pela atuação por captura de movimentos é espetacular e surpreende o quanto os atores que trabalham com a técnica são capazes de transmitir variadas emoções através de seus personagens virtuais. Falar da competência de Andy Serkis nesta área chega a ser um lugar-comum. Seu desempenho como Caesar, em comparação com o filme anterior, é ainda mais visceral e repleto de complexidade. Auxiliado por um elenco de apoio igualmente talentoso, Serkis transmite, com espantosa eficiência, o drama de seu personagem, dividido entre a lealdade com seus pares e a compaixão pelos humanos, compaixão esta proveniente das lembranças que Caesar tem de Will Rodman (James Franco, de 127 Horas), cientista com quem aprendeu as noções de amor e família. Com um filme que, de maneira competente, dá seguimento à trama de 2011 e deixa o caminho aberto para as sequências, a nova série de Planeta dos Macacos estabelece-se como uma franquia sólida e promissora, provando que tecnologia, somada a uma história bem contada, é capaz de resultar não só em dinheiro, mas em grandes filmes.

Planeta dos Macacos: O Confronto estreia hoje, dia 24 de julho.

Créditos da resenha vai para nosso amigo Vanderson Santos, do nosso parceiro Mundo Blá.

Nota do Thunder Wave

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,959SeguidoresSeguir
4,239SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave