quinta-feira, 22, abril, 2021
InícioFilmesCríticasCrítica: Toni Braxton- Unbreak My Heart

Crítica: Toni Braxton- Unbreak My Heart

A cantora Toni Braxton, 49 anos, teve muitos desafios na sua carreira e vida pessoal. Com muito talento, ela rapidamente fez muito sucesso e bateu recordes de vendas com seus discos, mas desde 2010 luta contra o Lúpus, que quase a fez desistir de sua carreira.

Não foi só o Lúpus que fez Toni Braxton sofrer e é isso que vemos em Toni Braxton: Unbreak My Heart, cinebiografia da cantora que mostra como Toni entrou nesse mundo, os problemas financeiros que sofreu, como teve que aprender a lidar com o Autismo do filho e depois com sua doença.

A produção começa apresentando Toni Braxton (Lex Scott Davis), no fim dos anos 80, quando ainda cantava no coral com suas irmãs e conseguiu um contrato solo com os produtores L.A. Reid (Greg Davis Jr.) e Kenneth “Babyface” Edmonds (Gavin Houston), partindo para fazer seu caminho construindo sua carreira, sua vida amorosa e familiar.

Toni Braxton: Unbreak My Heart
Toni e as irmãs Braxton

Através da ótima atuação de Lex Scott Davis, sentimos na pele todo o drama que Toni passou. Debbi Morgan também ajuda bastante nesse sentido, entregando uma ótima atuação ao lado de Davis como sua mãe, que passa da desaprovação para admiração nesse longa.

A ambientação se mostra perfeita, passando pelas épocas sem deixar dúvidas, quase 20 anos retratados entre mudanças de estilos nas roupas e avanço eletrônico. Tudo isso embalado pelas músicas da cantora, com destaque para Unbreak My Heart, o maior hit de Braxton. A canção não é apenas mencionada no título, ela nos leva por quase todas as fases de Toni, sempre se encaixando em um momento oportuno.

critica Toni Braxton: Unbreak My Heart

Toni Braxton: Unbreak My Heart retrata a batalha de uma mulher negra em um mercado complicado, tendo que lidar com seus problemas pessoais e o preconceito da época, que a faz ter medo de sujar seu nome. É um lindo filme, muito indicado para os fãs dessa incrível cantora.

Dirigido por Vondie Curtis-Hall, Toni Braxton: Unbreak My Heart estreia dia 26 de outubro no canal Lifetime.

Dê o play e relembre o hit de sucesso de Toni Braxton.

Nota do Thunder Wave
Retratando a batalha de uma mulher negra em um mercado complicado, o longa se mostra fiel à vida da cantora e analisa a fundo questões sociais da época.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,916FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,319SeguidoresSeguir

Crítica | O Protocolo de Auschwitz

0
Esta é a história real de Freddy e Walter - dois jovens judeus eslovacos, que foram deportados para Auschwitz em 1942. Em 10 de abril de 1944, após um planejamento meticuloso e com a ajuda e a resiliência de seus colegas internos, eles conseguiram escapar. Os dois homens são movidos pela esperança de que suas evidências possam salvar vidas. Feridos, eles voltam pelas montanhas para a Eslováquia. Com a ajuda de estranhos pelo caminho, eles finalmente conseguem cruzar a fronteira e encontrar a resistência e a Cruz Vermelha. Eles compilam um relatório detalhado sobre o genocídio sistemático no campo. No entanto, com a propaganda nazista e ligações internacionais ainda em vigor, seu relato parece ser muito angustiante para acreditar.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
Crítica: Toni Braxton- Unbreak My Heart 6

Um adeus a Merlin

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave