Resenha: Dentes de Dragão- Michael Crichton

0
6536

 

Dentes de Dragão é mais do que um livro escrito por Michael Crichton. É um lançamento póstumo do autor. Ele foi escrito em 1974, ou seja, bem antes de Parque dos Dinossauros e era sabido que ele iria publicá-lo, pois sua esposa encontrou várias marcações em seus pertences.

Dentes de Dragão, assim como costuma ser os livros do autor, possui uma vasta pesquisa a respeito de determinado assunto. Aqui podemos encontrar detalhes a respeito da exploração do Oeste, do nascimento e crescimento das principais cidades, o conflito contra os índios, com seus acordos e desacordos, a corrida do ouro e o tema principal, que é a exploração dos ossos.

A ficção e a realidade se misturam muitas vezes, deixando o leitor com aquela dúvida se realmente está lendo uma obra ficcional e outras se aqueles personagens tão reais, não são uma criação do autor. Lógico que a história é baseada em personagens reais, mas dá para ficar com a pulga atrás da orelha. Entre alguns fatos, está a cidade de Deadwood, um local cheio de pistoleiros e sem lei, com direito a carteado onde a aposta é a vida de quem joga, duelos nas ruas, além de personagens como o General Custer, Calamity Jane, Touro Sentado e o famoso Wyatt Earp.

Portanto, Dentes de Dragão não é apenas sobre a rivalidade dos dois paleontólogos Othniel Marsh e E. D. Cope, é sobre a ótica de um jovem que irá não apenas desvendar o Oeste em busca de ossos de dinossauro, mas nos mostrar toda a rica história dos EUA. Esta batalha entre Marsh e Cope, ocorreu entre 1872 e 1892 e foi chamada A Guerra dos Ossos (veja mais sobre ela aqui).

Othniel Charles Marsh e Edward Drinker
Othniel Charles Marsh e Edward Drinker

Através de William Johnson, um personagem que até demoramos para pegar uma simpatia, percebemos que esta disputa está muito além de quem é o melhor ou possui o maior ego. É uma guerra que envolve disputas traiçoeiras onde os dois não se importam com o que acontece a sua volta, podendo levar até a morte pessoas ao seu lado. Aos poucos ganhamos a simpatia do personagem, já que existe um motivo para ele ser tão chato no início. Entre suas anotações, vamos crescendo com o ponto de vista do personagem e descobrindo muito mais sobre o universo da mente humana.

Dentes de Dragão é uma excelente escolha para quem nunca leu nada de Michael Crichton e gostaria de saber por onde começar. Lembrando que o autor possui em seu currículo grandes livros que viraram filmes e séries, como O Enigma de Andrômeda, Westworld (filme de 1973), Jurassic Park, Congo, Timeline, O Homem Terminal, Twister, entre tantos outros. Infelizmente ele faleceu em 2008 aos 66 anos vitima de câncer.

Resumo
Nota do Thunder Wave
Leitura rápida e simples. Infelizmente o início é um pouco lento. Aos poucos vai ganhando mais velocidade e emoção com o decorrer da história. resenha-dentes-de-dragao-michael-crichton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui