quarta-feira, 5, maio, 2021

Resumo

Jumanji é simples como toda crônica infantil deve ser. Com uma lição moral direta e que ainda hoje serve para as novas gerações. O livro é voltado para todo fã deste tipo de literatura, como presente para os filhos e principalmente para os fãs de Jumanji, sejam eles de qualquer idade.

Resenha | Jumanji – Chris Van Allsburg

Por incrível que ainda possa parecer, muitas pessoas desconhecem que o filme Jumanji, original com Robin Williams, é baseado em um livro. E o mais fabuloso, de uma obra infantil criada por Chris Van Allsburg em 1981.

Jumanji, publicado no Brasil pela Darkside pelo seu selo Caveirinha, possui 32 páginas, com um acabamento espetacular. O papel é gostoso de se mexer, com capa dura e os desenhos do próprio autor, são limpos e fáceis de serem compreendidos. É como se ganhassem vida nas folhas da aventura.

A história é simples e como toda jornada, é uma lição de moral para crianças. Por isso é interessante observar e impossível de não comparar com a sua adaptação oficial de 1995 e não as outras duas que vieram depois com Bem Vindo a Selva (2017) e Próxima Fase (2019), ambos com Dwayne Jonhnson.

Leia também: Crítica | Jumanji: Próxima Fase

O livro mostra dois irmãos que encontram o jogo Jumanji e devem iniciar na selva e chegar até o final, a cidade de Jumanji para conquistarem sua vitória. Durante as poucas páginas os personagens enfrentam desafios que servem de lição do que fizeram de “malcriação” nas páginas iniciais.

Jumanji é simples como toda crônica infantil deve ser. Com uma lição moral direta e que ainda hoje serve para as novas gerações. O livro é voltado para todo fã deste tipo de literatura, como presente para os filhos e principalmente para os fãs de Jumanji, sejam eles de qualquer idade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave