Um bom livro de mistério é aquele que segura o leitor até o seu final para saber quem realmente é o culpado. Uma excelente obra de mistério, é aquela que além de segurar o leitor, o faz pegar um papel para fazer anotações e ainda colar post-it nas páginas para retornar e não esquecer de nenhum detalhe.

Isto é o que acontece com o livro O caso Alaska Sanders de Joël Dicker, lançado no Brasil pela Editora Intrínseca. O autor que tem um estilo único ao conseguir apresentar um enredo diferenciado onde suas histórias se dividem em passado (muitas vezes em dois tipos) e o presente, traz novamente ao leitor um mistério envolvente e inquietante.

O escritor Marcus Goldman está de volta a cidade onde ocorreram os acontecimentos de A verdade sobre o caso Harry Quebert, onde tenta de alguma forma encontrar o seu velho amigo e também afastar os fantasmas do passado. Mas ao fazer isso, ele se vê envolvido novamente com o policial Perry Gahalowood e terá que o ajudar a desvendar um caso de assassinato que todos haviam imaginado ter sido solucionado há mais de 20 anos: o de Alaska Sanders.

Leia também: Resenha | O Enigma do Quarto 622- Joël Dicker

Com uma escrita que leva o leitor aos acontecimentos que envolveram o assassinato, a investigação para encontrar o assassino de Alaska, Dicker mostra um presente onde seu amigo Perry é quem enfrenta os maiores fantasmas, o fazendo se questionar se realmente a conclusão do caso foi a correta. E isto tudo ocorre em seu pior momento de vida, quando o policial e grande amigo de Dicker, está tendo que lidar com problemas pessoais. A narração como sempre é leve, como se fosse um bate papo com o leitor, além de apresentar o caso com as gravações dos envolvidos na época da morte de Alaska.

Um dos grandes trunfos de Dicker neste livro, além de todo o mistério e suspense envolvido em suas páginas, é manter a dinâmica entre o personagem central, Goldman, com o leitor. Para aqueles que leram os outros livros de Dicker, este é mais um prato cheio – de mistérios e reviravoltas – e um passeio pelo passado do personagem.

Leia também: Resenha | A Conspiração de Forty Acres – Dwayne Alexander Smith

Mas caso seja o primeiro livro que o leitor irá se aventurar, é melhor não o fazer. Infelizmente a história é cheia de spoilers dos acontecimentos anteriores, principalmente de A verdade sobre o caso Harry Quebert. Portanto, caso queira começar a ler as obras de Joël Dicker, é melhor o fazer por sua sequência, pois o autor sempre terá algum spoiler que pode atrapalhar a imersão do leitor. Mas caso não queira, O caso Alaska Sanders é um excelente suspense com personagens memoráveis e um caso que deixará o leitor preso até o seu desfecho.

Sobre O caso Alaska Sanders

Abril de 1999. A pacífica cidade de Mount Pleasant, em New Hampshire, é devastada por um assassinato: o corpo de Alaska Sanders, uma jovem de 22 anos, é encontrado á beira de um lago, ao lado do cadáver de um urso-negro. O que á primeira vista parecia um grotesco ataque animal se revela um homicídio, e, a despeito da comoção generalizada, a questão é solucionada em poucos dias.

Onze anos depois, o sargento Perry Gahalowood, um dos encarregados da investigação na época, está vivendo um dos piores momentos de sua vida quando recebe uma perturbadora carta anônima. O conteúdo da mensagem faz Gahalowood questionar tudo que pensava saber sobre o caso ocorrido uma década antes. Teria ele seguido uma pista falsa? Teria, então, chegado a uma conclusão equivocada? Quem o faz cogitar a possibilidade é seu amigo Marcus Goldman, alçado ao estrelato após a publicação de A verdade sobre o caso Harry Quebert.

Diante de tantas incertezas e agitação, os dois resolvem investigar o que de fato estaria por trás da morte de Alaska Sanders e logo fica evidente que o cenário que se descortina é muito mais complexo do que parecera anos antes. Somente unindo forças Gahalowood e Goldman terão alguma chance de descobrir a verdade.

Após o estrondoso sucesso dos últimos livros, especialmente de A verdade sobre o caso Harry Quebert, Joël Dicker retorna ao universo metaficcional de seus principais personagens, demonstrando novamente sua maestria para criar uma trama instigante e repleta de reviravoltas. O caso Alaska Sanders é Dicker em sua melhor forma.

Livros de Joël Dicker lançados pela Intrínseca

  • A verdade sobre o caso Harry Quebert – Lançamento: 17/05/2014
  • Os últimos dias de nossos pais – Lançamento: 24/04/2015
  • O livro dos Baltimore – Lançamento: 09/01/2017
  • O desaparecimento de Stephanie Mailer – Lançamento: 09/01/2019
  • O enigma do quarto 622 – Lançamento: 19/02/2021
  • O caso Alaska Sanders – Lançamento: 27/10/2022

Livros de Joël Dicker com o ano original de lançamento

  • Les Derniers Jours de Nos Pères (2012) Os últimos dias dos nossos pais
  • La Vérité sur l’Affaire Harry Quebert (2012) A verdade sobre o caso Harry Quebert
  • Le Livre des Baltimore (2015) O Livro dos Baltimore
  • La Disparition de Stephanie Mailer (2018) O Desaparecimento de Stephanie Mailer
  • L’énigme de la chambre 622 (2020) O Enigma do Quarto 622
  • The Alaska Sanders Affair (2022) O caso Alaska Sanders

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui