segunda-feira, 27, junho, 2022

Resumo

O pequeno caderno das coisas não ditas é uma leitura despretenciosa e relaxante, perfeita para quando precisamos de algo que mostre que ainda existe bondade no mundo e fugir um pouco das péssimas notícias que vemos diariamente.

Resenha | O pequeno caderno das coisas não ditas – Clare Pooley

Todos nós temos uma verdade escondida, e o que aconteceria se tivessemos coragem de contá-la? Essa é a pergunta que gira a trama de O pequeno caderno das coisas não ditas, um livro que se inicia com uma história despretenciosa e se demonstra profundo.

Tudo começa quando Mônica, dona de um café, encontra um caderno escrito à mão por Julian, um senhor da terceira idade que se encontra sozinho no mundo. Por isso, criou esse projeto, que batizou de Projeto Autenticidade, onde escreve a verdade que nunca teria coragem de contar a alguém e instiga os outros a fazer o mesmo.

Seu plano era apenas deixar o caderno ali e esperar que as pessoas usassem sua idéia, como um desabafo. Mas quando Mônica se depara com a história de Julian, que revela ser um artista famoso aposentado e que, mesmo após 15 anos, se sente sozinho no mundo com a morte da esposa, ela sente a necessidade de ajudá-lo. E assim, acaba também escrevendo sua verdade no caderno, que para nas mãos de outra pessoa que sente a mesma necessidade e por aí os acontecimentos se revelam.

De uma maneira muito cativante e leve, Clare Pooley leva o leitor a uma trama cruzada na vida de seis pessoas de londres que possivelmente nunca formariam qualquer tipo de laço sem esse caderno. É uma narrativa bem leve e com romances previsiveis, porém com uma mensagem muito bonita, apresentando que, mesmo se sabendo o pior sobre uma pessoa, ainda é possível ver seu lado bom e ajudar em sua jornada interior.

Para isso, a autora usou alguns casos um pouco mais graves, como vícios, e alguns muito realistas, como a necessidade de esconder seu descontentamento na vida nas redes sociais. Aprofundando em disturbios psicológicos e necessidade de provação, a obra se torna um momento de fofura com assuntos importante.

O pequeno caderno das coisas não ditas é uma leitura despretenciosa e relaxante, perfeita para quando precisamos de algo que mostre que ainda existe bondade no mundo e fugir um pouco das péssimas notícias que vemos diariamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Resenha | O pequeno caderno das coisas não ditas - Clare PooleyO pequeno caderno das coisas não ditas é uma leitura despretenciosa e relaxante, perfeita para quando precisamos de algo que mostre que ainda existe bondade no mundo e fugir um pouco das péssimas notícias que vemos diariamente.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave