Resenha: Os 13 Porquês- Jay Asher

0
7518

 

Os 13 Porquês não é um livro famoso, lançada em 2009, o título começou a chamar a atenção agora, oito anos após sua publicação. O motivo é bem simples, a Netflix estreia esse mês uma série adaptada dessa complexa obra e sua premissa diferente caiu rapidamente no gosto do público.

Isso porque a trama de Os 13 Porquês é profunda, tensa e até mesmo instrutiva. Nela conhecemos Clay, um garoto que encontra um pacote na porta de sua casa ao chegar da escola. Ao abrir, descobre sete fitas cassetes, numeradas de 1 a 13 (para aqueles que não chegaram a conhecer esse antigo artefato, o K-7 possuía dois lados que permitam a gravação) e ao tocar a primeira descobre que se trata de gravações de Hannah, a garota por quem era apaixonado que se suicidou recentemente. Sim, ela resolveu acabar com sua vida e deixou registrados os treze motivos em fitas, para que os envolvidos saibam exatamente o que aconteceu.

A regra é simples, basta ouvir todas as fitas, das quais cada uma conta o envolvimento de uma pessoa na decisão de Hannah e depois passar a caixa para a próxima pessoa na lista de envolvidos. Clay se sente arrasado ao descobrir que fez algo para contribuir com esse terrível incidente e se apressa a ouvir tudo, mesmo que fique arrasado conforme descobre os relatos. Para ilustrar o progresso de Clay e ajudar na narrativa dupla, o exemplar possui detalhes com ilustrações de “Play” e “Stop” para demonstrar quando Hannah está narrando e quando estamos lendo sobre os acontecimentos presentes.

Resenha: Os 13 Porquês- Jay Asher 1
Ilustrações de Os 13 Porquês

Jay Asher foi simplesmente genial nessa obra. Através de uma narrativa dupla, que vai das reações de Clay para os relatos de Hannah nas gravações, somos levados por dois pontos de vista da mesma história, que apenas reforçam os pontos pesados da trama. Hannah analisa a fundo tudo que começou a incomodá-la, até chegar ao ponto de decidir tirar sua vida, mostrando como até mesmo a menor e mais inocente atitude pode prejudicar os envolvidos.

Os 13 Porquês é um livro profundo, que critica o bullying e os maus tratos que os adolescentes sofrem dos colegas. Tudo começa com um boato, deixando no começo a narrativa bem amena, mas conforme os relatos avançam, as situações vão ficando mais graves até chegar ao ponto de chocar até mesmo o leitor mais maduro. A linguagem, que até então era voltada para o juvenil, amadurece drasticamente, dando outro tom à obra.

O livro pode ser considerado didático, pois apresenta situações tão cotidianas, no início, que ensina como devemos ter cuidado em como tratamos os outros. Por outro lado, a obra foca em como ninguém quer lidar com a depressão, conforme vemos o desenrolar dos acontecimentos, percebemos que a maioria dos conhecidos fingiam não ver os sinais de que Hannah estava pensando em suicídio, ou simplesmente não sabiam como lidar com essa situação. Isso reforça o quanto o assunto é pouco divulgado e precisa ser discutido.

Os 13 Porquês é um livro sensacional, tratando de questões importantíssimas, através de uma narrativa focada no público alvo – o juvenil- a trama consegue ser muito bem encaixada, explicando todos os pontos e apresentando de uma maneira original questões que tanto precisam ser ditas, como o bullyng e a repercussão que isso tem na vida de quem sofre, e a depressão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui