Resenha: Simon vs. a Agenda Homo Sapiens- Becky Albertalli

0
10779

 

Homossexualidade é um tema sempre muito complicado de abordar, ainda mais quando se trata de um adolescente que precisa sair do armário. Uma temática delicada como essa precisa ser muito bem trabalhada e foi exatamente isso que Becky Albertalli fez em Simon vs. a Agenda Homo Sapiens, publicado pela Editora Intrínseca.

No livro conhecemos Simon Spier, um garoto do ensino médio que se descobriu gay mas ainda não se assumiu para o mundo. Simon possui um correspondente com o codinome Blue, do qual mesmo sem saber a real identidade, possui uma grande ligação e compartilha quase todos os seus segredos. Através da narrativa de Simon, vamos conhecendo seu mundo, seus dilemas, seus relacionamentos e a evolução de sua amizade com Blue, que promete se transformar em algo mais.

Simon vs. a Agenda Homo Sapiens consegue abordar várias questões, indo muito além da homossexualidade. Simon é chantageado por um garoto que quer se aproximar da sua amiga, precisa lidar com problemas de ciúmes no seu circulo de amigos e coisas assim. Com uma obra focada no mundo adolescente, Becky consegue citar vários problemas dessa fase de uma maneira simples e prática, sempre levantando questões morais de uma maneira informal e divertida. E esse é um grande diferencial do livro, a narrativa consegue tratar de assuntos sérios, apontando para vários dilemas do cotidiano, sem apelar para o drama excessivo.

É o seguinte: o nome Simon quer dizer “ aquele que ouve” e Spier quer dizer “ aquele que observa”. O que significa que estou destinado a ser fofoqueiro.

Além da narrativa gostosa de Albertalli, que se foca em mostrar dia a dia de Simon, ainda temos um elemento que nunca falha nesse tipo de livro: e-mail. Blue e Simon se comunicam através de uma conta fake de e-mail que cada um criou, por isso sabemos quando o dia está terminando (e com isso o capítulo) quando vemos os e-mails trocados por eles nesse dia. Esses e-mails deixam a leitura ainda mais fluida e divertida, além de proporcionar mais intimidade na nossa relação com os personagens.

Tratando de questões sociais, sexuais, familiares e até mesmo bullying, Simon vs. a Agenda Homo Sapiens é o tipo de livro que deveria ser lido por todo adolescente, independente de sua orientação sexual, pois vai muito além do dilema de Simon em se assumir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui