Resenha: Vingadores- O Último Evento Branco

0
14657

 

Vingadores: O Último Evento Branco é o capitulo mais revelador dessa saga do Novo Universo Marvel. Nessa edição vemos o caminho que Jonathan Hickman pretende tomar e como o autor pretende abalar a estrutura do Multiverso Marvel.

A primeira coisa que precisamos falar sobre esse quadrinho é que expõe a concepção de Hickman sobre o Multiverso, por isso, essa saga não se trata de aventuras normais dos Vingadores e sim uma versão intergaláctica, mas claro, com o problema sendo a destruição da Terra. Nas primeiras páginas temos uma breve explicação de como o Máscara Noturna descobre sobre o Evento Branco, seguido de uma sequencia que mostra como o Superfluxo desencadeou o evento que promete destruir a Terra.

Simplificando e deixando essa resenha livre de Spoilers, é uma edição um pouco complicada de entender se você não vem acompanhando o Multiverso nas edições anteriores. Porém, deixando o desastre de lado, em O Último Evento Branco descobrimos a verdadeira identidade de Adão e temos a criação do Estigma, um herói muito, realmente muito, poderoso e igualmente perigoso pela sua incapacidade de lidar com seus poderes. Apenas Adão fica do seu lado e isso indica o que podemos esperar das próximas edições.

Hickman dá um verdadeiro show na narrativa de O Último Evento Branco, misturando elementos dignos de ficções cientificas com uma quantidade certa de suspense. Dustin Weaver auxilia com as ilustrações, seu traço detalhista, sem economizar em closes estrategicamente colocados e tons sombrios em cenas necessárias, completam a qualidade da HQ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui