Resenha: Welcome To Night Vale – Joseph Fink & Jeffrey Cranor

0
13988

 

Welcome To Night Vale é um podcast americano, criado por Joseph Fink & Jeffrey Cranor, que mostra histórias de uma cidade muito diferente, no melhor estilo ” Além da Imaginação”. O livro narra uma das aventuras pela cidade, é escrito pelos próprios criadores e distribuído pela intrínseca.

Night Vale é uma cidade bem diferente, cheia de eventos sobrenaturais. Tudo ali acontece de um jeito único que para os moradores é completamente normal, mas muito estranho para os leitores, principalmente para os que não ouvem o podcast.

Tudo começa quando um homem misterioso começa a distribuir papéis escrito ” King City” para alguns cidadãos e depois desaparece, literalmente, pois ninguém consegue se lembrar seu nome, sua aparência ou até mesmo do encontro com ele. O papel também não é comum, sempre volta à mão do dono e  a pessoa que o possuí fica com uma certa obsessão, só conseguindo escrever as palavras “King City” e com a necessidade de descobrir o significado desse objeto.

“É preciso cantarolar enquanto lava as mãos. Claro, sempre se deve cantarolar quando lava as mãos. Afinal, é uma questão de higiene”

Parece estranho, porém é só o começo. Jackie, dona da loja de penhores, é a primeira a narrar o encontro com o homem misterioso. Seu caminho se cruza com Diane, que também precisa descobrir a identidade do dito cujo. As duas não se dão muito bem, mas percebem que precisam uma da outra para desvendar esse mistério e acabam juntando forças para investigar sobre King City.

Isso é só um resumo da premissa da obra, tem muitas outras coisas que acontecem paralelamente à busca de Jackie e Diane. Fink e Cranor não economizam em detalhes, teorias de conspirações e pequenas criticas à sociedade escondidas em fatos cômicos sobre a cidade, sempre escritos de uma maneira dinâmica e engraçada.

Welcome To Night Vale é um livro muito original e maluco. A narrativa do modo como tudo funciona em Night Vale é hilária, me arrancou várias risadas. Em vários momentos pude notar uma alfinetada aos costumes atuais, colocados sempre em um contexto meio aleatório, de uma maneira bem humorada.

“Há relatos de policiais falsos nas estradas, que, em vez de cuidar de nossos interesses, trabalham sob uma autoridade arbitrária para atingir e extorquir injustamente aqueles que são menos capazes de se defender. Se você vir alguém dessa Falsa Polícia, aja de imediato, dando de ombros e pensando Fazer o quê? e depois indo ver se tem alguma coisa engraçada no Twitter.”

Entretanto, para os que não estão familiarizados com a estranha cidade, Welcome To Night Vale pode ficar bem confuso no começo. Como tudo funciona de uma maneira diferente na obra, fica complicado de saber se algo está errado e estão dando a dica, ou é só mais uma bizarrice cotidiana de Night Vale. Para esses leitores, pode ser um pouco mais demorado de pegar o ritmo, mas ao longo das páginas já dá pra se adaptar com as diferenças e mergulhar nessa engraçada narrativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui