segunda-feira, 29, novembro, 2021

Review | Dying Light: Platinum Edition (PC)

Dying Light: Platinum Edition é sem dúvida um dos melhores jogos survival horror, por possuir um ótimo desafio, dar liberdade ao jogador de jogar sozinho, além de ter uma história que te faz querer assistir do começo ao fim.

Dying Light é um jogo de sobrevivência em primeira pessoa que se passa em um mundo vasto e destruído. Assim como diversos outros jogos do gênero de “aparece zumbi, atira, corre”, este é para ser mais um dos lançamentos seguindo este estilo. Mas não é o caso.

O jogo lançado em 2015 trouxe um trailer fantástico e uma batida mais ainda com o tema Run Boy Run (Woodkid). Logo de cara já dava para perceber que este não era apenas mais um título na longa esteira de jogos de zumbis.

E alguns anos depois… finalmente chega uma edição recheada de presente para os fãs: Dying Light: Platinum Edition para PlayStation 4, Microsoft Windows, Nintendo Switch e Xbox One.

A versão que recebemos da Techland foi para PC e pudemos conferir em dois notebooks diferenciados. Em nossa primeira “jogatina”, jogamos em um Acer Aspire 5 com 4GB de RAM. Ele rodou até tranquilamente, com algumas quedas, mas nada problemático. De qualquer forma, ter um notebook ou PC com mais poder, irá te ajudar e muito. Mas vamos falar sobre o jogo!

Novidades

Como já era de se esperar pelo nome, a Dying Light: Platinum Edition é um pacote completo do jogo e que se prepara a sua sequência. Nele os jogadores terão:

  • Be the Zombie
  • Crash Test Skin Pack
  • Cuisine & Cargo
  • Dying Light
  • Dying Light Classified Operation Bundle
  • Dying Light – Dying Light
  • Dying Light – 5th Anniversary Bundle
  • Be the Zombie
  • Dying Light Classified Operation Bundle
  • Crash Test Skin Pack
  • Cuisine & Cargo
  • Godfather Bundle
  • Gun Psycho Bundle
  • Harran Inmate Bundle
  • Harran Ranger Bundle
  • Dying Light – Harran Tactical Unit Bundle
  • Dying Light – Hellraid
  • Dying Light – Rais Elite Bundle
  • Retrowave Bundle
  • Shu Warrior
  • The Bozak Horde
  • Dying Light: The Following
  • Ultimate Survivor Bundle
  • Viking: Raiders of Harran bundle
  • Dying Light – Vintage Gunslinger Bundle
  • Volatile Hunter Bundle
  • Dying Light – Volkan Combat Armor Bundle
  • Dying Light – White Death Bundle5th Anniversary Bundle
  • Dying Light – Harran Tactical Unit Bundle
  • Dying Light – Hellraid
  • Dying Light – Rais Elite Bundle
  • Dying Light – Vintage Gunslinger Bundle
  • Dying Light – Volkan Combat Armor Bundle
  • Dying Light – White Death Bundle
  • Dying Light: The Following
  • Godfather Bundle
  • Gun Psycho Bundle
  • Harran Inmate Bundle
  • Harran Ranger Bundle
  • Retrowave Bundle
  • Shu Warrior
  • The Bozak Horde
  • Ultimate Survivor Bundle
  • Viking: Raiders of Harran bundle
  • Volatile Hunter Bundle

Como dito, é bastante coisa e dá para passar belas horas jogando.

O jogo

Dying Light é um game de tiro que faz justiça ao seu gênero. Com um desafio equilibrado, controles fáceis de serem usados, um visual de arrepiar e que não te atrapalha, já que dá para perceber o que existe nas sombras e uma trilha empolgante, o título pode ser jogado por qualquer pessoa, mesmo as não familiarizadas com este estilo.

Um dos principais pontos, é que o design realmente ajuda na aventura. Como descrito acima, dá para se ver o que existe nas sombras, diferente de outros jogos do gênero de terror que acabam escondendo os inimigos no escuro para se aproveitarem da falta de qualidade gráfica.

E a qualidade de Dying Light é muito boa. Outro ponto positivo é aproveitar o novo modo de jogabilidade com as cinemáticas. É muito bom dar aquela parada para conferir a história, além do que, trás um pouco mais de empatia com o seu personagem e os outros que vão se apresentando na história.

Jogos de survival horror, costumam pecar neste ponto, pois a pressa de retorno ao atira, mata, destrói, explode, é tão grande, que uma hora o game cansa o jogador, deixando a aventura repetitiva.

Vale a pena?

Qualquer jogo vale a pena quando bem feito! E Dying Light é desse nível. Não apenas pelo desafio empolgante, mas por ter uma atmosfera diferenciada, ao trazer um enredo cinematográfico com personagens que o jogador irá se importar. Se antes tínhamos jogos de survival horror sem conteúdo, Dying Light comprova que uma história e personagens bem feitos, são mais do que necessários.

Outra parte que eleva a jogabilidade, é poder jogar sozinho. Para aqueles que não curtem um multiplayer, ficarão felizes em saber que podem adquirir um título que aceita um modo solo e mesmo assim te dá pontuação.

Lógico que o modo multiplayer também é mais do que divertido para sair combatendo os inimigos que aparecem a todo instante e são de todos os tipos e “modelos”, bem diferentes do que os jogadores estão acostumados com outros do gênero, do zumbi burro ou que só corre.

Dying Light: Platinum Edition é sem dúvida um dos melhores jogos survival horror, por possuir um ótimo desafio, dar liberdade ao jogador de jogar sozinho, além de ter uma história que te faz querer assistir do começo ao fim.

Nota do Thunder Wave
Dying Light: Platinum Edition é sem dúvida um dos melhores jogos survival horror, por possuir um ótimo desafio, dar liberdade ao jogador de jogar sozinho, além de ter uma história que te faz querer assistir do começo ao fim.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,962SeguidoresSeguir
4,234SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave