sexta-feira, 10, abril, 2020

25 anos depois, os Ninjas robóticos estão de volta! E será que o reboot ficou bom? Confira nossa análise.

Criado e desenvolvido pela criado pela Taito, o primeiro game The Ninja Warriors foi lançado originalmente em 1987 para os Arcades, como costumávamos chamar, nos fliperamas. Em 1994, este papa fichas ganhou sua versão para o Super Nintendo.

1
A versão dos Arcades já era diferenciado, com uma tela maior horizontalmente.

The Ninja Saviors: Return of the Warriors aqui no ocidente, enquanto no Japão ele faz mais sentido, The Ninja Warriors: Once Again, é um reboot da versão do Super Nintendo.

2

O game segue o estilo clássico side-scrolling 2Dbeat ‘em up que foi aprimorado com novos gráficos para os dias atuais, ganhando dois novos personagens jogáveis, uma nova trilha sonora regravada, além do suporte ao co-op local para dois jogadores e muito mais.

Interessante é que mesmo com estas atualizações, o game mantém suas características originais, principalmente no quesito desafio. Se não fosse por termos jogado no console, a nossa versão recebida pela ININ Games foi para o Playstation 4, com certeza teríamos gastado um bom dinheiro em créditos.

A história do game se passa no ano de 1993, e o presidente Banglar, dos Estados Unidos, aciona uma lei marcial fazendo com que os militares controlem tudo no país. A população do país fica em um “estilo zumbi”, como se houvessem sofrido uma lavagem cerebral. A grande salvação, aparece quando os cientistas rebeldes iniciam uma revolução para para lutar contra a tirania, criando assim três robôs ninjas com um único objetivo: acabar com Banglar e o seu reinado de terror. A história do game é simples, como dos clássicos Arcades, que priorizavam mais a ação e jogabilidade do que o enredo, conforme visto na gameplay abaixo.

O desafio é o mesmo de todo jogo no estilo beat ‘em up, ou seja, andar e bater nos inimigos. E estes aparecem por todos os cantos da tela. Para aqueles que não estão acostumados com o estilo, irão sofrer muito até pegar o jeito do jogo. Já os que possuem experiência neste estilo, irão vibrar com o desafio frenético e a trilha sonora que é uma das marcas da Taito.

Iniciamos o game com apenas 3 personagens selecionáveis. Com o decorrer mais dois novos são desbloqueáveis. Estes Ninjas iniciais possuem características diferentes, que se encaixam na jogabilidade de cada jogador. Portanto, caso prefira um herói mais forte ou mais leve, é só escolher e montar sua estratégia. Já, caso não saiba, olhe na descrição e pegue aquele que seria a balança entre os 3. É simples e continuará se divertindo.

As telas e as animações estão bem feitas e sem gargalos na renderização. Os inimigos não são tão complicados de se vencer. Diferente dos chefões, que são verdadeiras máquinas de destruição.

The Ninja Saviors: Return of the Warriors, é um ótimo game de ação, com um desafio interessante que te fará ficar horas para finalizar o jogo com todos os personagens. O game está sendo lançado para Playstation 4 e Nintendo Switch.

Nota do Thunder Wave
The Ninja Saviors: Return of the Warriors é um excelente reboot do clássico de 1997 do Super Nintendo, com um desafio de primeira e ação frenética que te faz querer jogar sem parar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,077FãsCurtir
3,128SeguidoresSeguir
4,451SeguidoresSeguir

Top 05 | Filmes que tem a essência do Jornalismo

0
Confira 5 filmes sobre jornalismo que mostram o motivo da profissão ser tão importante para a sociedade

Crítica: Greenleaf- 1ª Temporada

21
Chegou recentemente no catálogo da Netflix, mais precisamente na última sexta-feira, a série Greenleaf, produzida e exibida originalmente, pelo canal OWN (Oprah Winfrey Network) -...
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave