Games Reviews

Review | Tom Clancy’s Rainbow Six Extraction

Rainbow Six Extraction é ousado, divertido e irá te divertir do início ao fim. E se nunca jogou um título da série, sem problemas. Esta é uma ótima oportunidade.

0

Existem algumas histórias paralelas dentro dos jogos que realmente merecem um título próprio, como acontece com alguns filmes e seriados. Quantas vezes vemos um acontecimento interessante que acaba tendo um episódio especial, um spin-off ou até mesmo vira uma nova franquia de filmes? Pois bem, isso mais ou menos aconteceu com Raibow Six.

Rainbow Six Extraction se inspirou na história de um Operador de Siege, que foi levado para uma dimensão paralela, e era necessário enfrentar uma versão mutante de outro Operador. Esse momento formidável do jogo é a base desta nova aventura, que pode se dizer: que aventura!

A história

Tom Clancy’s Rainbow Six Extraction é um jogo de tiro em primeira pessoa tático cooperativo de um a três jogadores. Os jogadores devem montar suas equipes de operadores de elite Rainbow Six para lançar incursões em zonas de contenção tensas, caóticas e imprevisíveis e descubrir os mistérios por trás de uma ameaça alienígena letal e em constante evolução dos Archæan. Conhecimento, cooperação e abordagem tática são as melhores armas do jogador. É preciso assumir os riscos para enfrentar inimigos mortais e conter o parasita.

O jogo

Munido de uma história instigadora, que mexe com a ficção e o terror – quem não gosta disso? – o jogo é uma verdadeira avalanche com uma apresentação em CGI que também daria um excelente filme. Bem, estamos falando de algo baseado em Tom Clancy, simplesmente o maior autor literário com o tema espionagem. E caso não saiba quem ele é, Clancy foi um escritor e historiador americano conhecido pelos seus enredos detalhados de espionagem e de ciência militar que ocorrem durante e depois da Guerra Fria.

Foi o criador de personagens e livros que viraram filmes – e jogos – como Jack Ryan que ganhou uma série própria na Prime Video, longas como Caçada ao Outubro Vermelho, A Soma de Todos os Medos, Rainbow Six (sim, é um livro de 1998), Splinter Cell (outro livro de 2004), entre outros. Portanto, se quer mergulhar de verdade nos jogos, leia os livros pois será uma imersão maravilhosa. Infelizmente Tom Clancy nos deixou em 1 de outubro de 2013.

Voltando ao jogo, os jogadores já devem começar a explorar o menu e descobrir pistas, documentos e informações para te ajudar a resolver os enigmas do título. Para aqueles que gostam de espionagem, é um prato cheio, pois além de todo o mistério a ser solucionado, ainda poderá dar uns tiros nos inimigos. Muito melhor do que apenas entrar em uma história caindo do nada e dar tiro para todo lado sem saber o motivo.

Jogabilidade

A mesma de toda a franquia. O diferencial, já que é necessário ter alguma, está na cooperação e furtividade. Estamos falando de um jogo de Tom Clancy! Por isso tem que ter cooperação entre os jogadores. Se nos livros e filmes isso é representado pelas pessoas que trabalham com os personagens principais, nos jogos isso fica a cargo de seus companheiros de game. Além disso, a furtividade é excencial para manter o clima de realidade, pois temos um Perigo Real e Imediato, fazendo um trocadilho com um de seus livros/filme interpretado por Harrison Ford.

Aqui se manter escondido para realizar suas tarefas, é muito importante. Uma das mecânicas aprimoradas de Siege. Essa combinação que deveria ser a base de todos os jogos com o nome Tom Clancy, é o que torna Extraction um dos melhores jogos na minha opinião da franquia.

Esse novo tipo de ameaça vindo de fora, ou seja, de nosso planeta, pode até tirar o sono dos fãs de Tom Clancy, mas ficou muito bom. Dar uma quebrada no estilo de inimigo foi um bom sinal e bem vindo ao jogo, pois estamos enfrentando o desconhecido. Se em algum ponto de toda a história de jogos de tiro com espionagem enfrentávamos Russos, Chineses, ou seja, “comunistas” e depois o inimigo interno, o próprio governo dos EUA, ter algo diferente na forma de uma raça alienígena dá mais conteúdo e suspense, pois jamais sabemos o que realmente eles querem, mesmo que seja a dominação mundial.

Outro aspecto interessante, é que mesmo que você não seja do estilo ficar escondido e quer sair atirando, bem, o jogo também fará o seu estilo, pois ele se torna muito mais desafiador. Entrar nas quatro zonas atingidas, ou seja, as cidades de Nova York, San Francisco, Alasca e… sem spoilers, é realmente fascinante. São 12 níveis primários para se jogar com seus amigos, onde funciona o básico: enfrente os inimigos, destrua-os e resgate alguém.

O bom disso tudo, é que o jogo é tão envolvente que mesmo retornando a alguma dessas telas, não dá para sentir que está repetindo o jogo. Parabéns aos desenvolvedores por isso.

Vale a pena?

Com todas as informações dadas acima nem é preciso afirmar que sim. Tom Clancy’s Rainbow Six Extraction é um jogo desafiador, mesmo que tenha pouca história. Você irá perceber isso. O jogo é ousado, divertido e irá te divertir do início ao fim. E se nunca jogou um título da série, sem problemas. Esta é uma ótima oportunidade.

Rainbow Six Extraction já está disponível com cross-play, cross-save e cross-progression completos para Xbox Series X|S, Xbox One, PlayStation 5, PlayStation 4 e PC, via Ubisoft Connect e Epic Games Store. O game também já pode ser jogado por meio dos serviços por assinatura Xbox Game Pass e do Ubisoft+.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Posting....
PT_BR
Sair da versão mobile