segunda-feira, 29, novembro, 2021

Ruby Rose denuncia abusos e negligências no set de filmagem de ‘Batwoman’

Warner Bros divulgou nota chamando os relatos da atriz de "história revisionista"

Todos os dias mulheres são desacreditadas em casos de assédio ou qualquer tipo de atitude que as desrespeitam. Denunciar é necessário mas não é fácil, pois o opressor sempre consegue um jeito de intimidar, de “dar o troco” na vítima e quem deveria dá suporte e trabalhar para que situações assim não aconteçam mais, vira as costas. Essa semana veio a público que a atriz que interpretou Kate Kane na série Batwoman da DC/CW, fez uma série de acusações sobre as reais condições de trabalho no set de filmagem. A atriz Ruby Rose participou da primeira temporada, lançada em 2019 e após a sua saída, muitos especularam o motivo de a atriz não interpretar novamente a personagem. Aparentemente, a sua saída foi sem muito alarde. Mas após as denúncias, boatos de uma suposta demissão começaram a surgir. A artista e os responsáveis pela produção trocaram elogios, porém, meses depois de grande silêncio, Ruby expôs tudo que vivenciou trabalhando na emissora  CW. Em um longo relato, a atriz falou que foi forçada a trabalhar 10 após passar por um procedimento cirúrgico emergencial, além disso ela alega ter sido informada de que toda a equipe perderia seus empregos caso ela não voltasse às filmagens. Ainda em seu desabafo, a atriz australiana comentou que testemunhou acidentes graves e casos de assédio por parte do presidente da Warner Bros. TV, Peter Roth, e do ator Dougray Scott.

Em nota divulgada na quarta-feira, 20,  a Warner Bros chamou as denúncias de “história revisionista” e deu outra versão para o afastamento da atriz da segunda temporada. Confira abaixo:

Warner Bros responde Ruby Rose sobre alegações em Batwoman
Nota divulgada pela Warner Bros nesta quarta-feira / Reprodução

“A verdade é que a Warner Bros. TV decidiu exercer sua opção de não ter Ruby Rose para a temporada dois de Batwoman baseando-se em múltiplas reclamações de mau comportamento no ambiente de trabalho, que foram extensivamente revisadas e tratadas em particular, em respeito a todos os envolvidos.”

Este comunicado apresenta a afirmação de que Rose não deixou Batwoman como alguns acreditavam a principio, apesar da empresa sugerir que a atriz foi retirada do programa devido ao seu próprio mau comportamento. Não se sabe quem fez essas acusações contra Rose e o que o suposto comportamento acarretou. Ainda de acordo com o que foi publicado na mídia, o presidente da Warner TV também teria contratado um detetive particular para tentar criar uma “narrativa” contra Rose.

Ruby Rose denuncia abusos e negligências no set de filmagem de 'Batwoman' |  Jovem Pan
Ruby Rose interpretou a protagonista de “Batwoman” na primeira temporada da série / Reprodução CW

Segundo a atriz, ela disse que teria deixado o programa, pois a sua personagem sofreu mudanças das quais ela discordava e se ela quisesse permanecer na série, teria de abrir mão de seus direitos. Ainda na publicação de Ruby, ela admite que “brigou com pessoas no set”, mas disse que isso era porque ela “queria segurança”. Dougray Scott rebateu as acusações de Ruby Rose de que ele era “completamente anti profissional” e que tinha ataques de fúria no set, especialmente contra funcionárias mulheres. Declarou ele em comunicado.

Coincidência ou não, outros casos como o relatado pela atriz Ruby Rose cercam a Warner Bros., como a acusação feita pelo ator Ray Fisher, que interpretou Cyborg na Liga da Justiça, que chamou de “abusivo” o comportamento do diretor Joss Whedon e de “não profissional” em 2020. De forma semelhante, Fisher “foi convidado a se retirar” da produção de The Flash como resultado das acusações, especificamente por rotular o executivo da DC Films, Walter Hamada, de “perigoso” e um “facilitador” do comportamento de Whedon. 

Ruby Rose denuncia abusos e negligências no set de filmagem de ‘Batwoman’ 1
Fisher, na verdade, veio em defesa de Rose, expressando solidariedade a ela em sua conta no Twitter, dizendo “Nomear nomes não é fácil, mas deve ser feito”.

Mesmo após o movimento #MeToo ter ganho enorme visibilidade, continuamos vendo matérias sobre casos de assedio ou qualquer tipo de atitude de retaliação as mulheres na indústria audiovisual. É estarrecedor e uma realidade insana ter que se provar todo dia para não sucumbir as agressões e a opressão. Que mais mulheres e não apenas as mulheres, todas as pessoas que já sofreram ou sofrem situações com as quais foram mencionadas anteriormente, devem denunciar. Esse tipo de atitude precisa parar e só denunciando, expondo, falando que conseguiremos mudanças.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,962SeguidoresSeguir
4,234SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave