sábado, 28, novembro, 2020
Início Filmes Críticas Crítica: Spotlight – Segredos Revelados

Crítica: Spotlight – Segredos Revelados

O jornalismo investigativo já rendeu grandes produções para o cinema. O clássico Todos os Homens do Presidente (All the President’s Men, Alan J. Pakula, 1976), o sólido O Jornal (The Paper, Ron Howard, 1994) e a obra-prima O Informante (The Insider, Michael Mann, 1999) são alguns dos expoentes deste subgênero, que fazem do jornalismo-verdade uma vertente cinematográfica de difícil, mas recompensadora apreciação.

Não é diferente com este Spotlight – Segredos Revelados (Spotlight, EUA, 2015), filme baseado na investigação jornalística ganhadora do prêmio Pulitzer, onde uma equipe de repórteres do conceituado jornal norte-americano The Globe, no início dos anos 2000, descobriu que a Igreja Católica acobertava, durante anos, uma série de abusos sexuais a crianças, cometidos por alguns de seus padres, mais precisamente na cidade de Boston, local que é reconhecidamente um berço do catolicismo no país.

Spotlight – Segredos Revelados, que conta com a firme direção de Tom McCarthy (O Visitante, Trocando os Pés), que também assina o coeso roteiro do filme em colaboração com Josh Singer (O Quinto Poder), não foge à regra dos filmes do gênero, onde 90% da narrativa é didaticamente conduzida com um quase excesso de diálogos, zero descontração e, ao mesmo tempo, acelerado dinamismo.

Spotlight
Spotlight: Segredos Revelados | Imagem: Sony Pictures

Mantendo-se fiel aos fatos, McCarthy e Singer conduzem com sobriedade uma produção extremamente rica em detalhes e esmero na ambientação do mundo jornalístico, apoiado em performances sólidas de seu ótimo elenco, que apesar da pouca carga dramática envolvida na conduta de seus personagens, entregam interpretações competentes e apoiadas no realismo que a narrativa verídica da produção exige.
Todos estão muito bem, desde o pós-Birdman Michael Keaton, passando pela sempre competente Rachel McAdams (Diário de uma Paixão) e chegando às melhores performances do filme, a cargo do ótimo Stanley Tucci (O Dossiê Pelicano) e Liev Schreiber (Sob o Domínio do Mal). Outro grande nome do elenco, o “Hulk” Mark Ruffalo, já não se sai tão bem, ao entregar uma atuação caricata. Todos interpretam membros da mencionada equipe de jornalistas, profissionais que fazem de seu trabalho muito mais do que um ganha-pão, e cujo fruto de sua dedicação pode, de fato, mudar o mundo. Aqui, no caso do terrível escândalo da Igreja Católica em Boston, com certeza o relato investigativo desta equipe alcançou resultados mais importantes e abrangentes do que se poderia imaginar.

Spotlight é mais uma produção extremamente competente sobre o bastidores do jornalismo investigativo. Como cinema, exige paciência do espectador menos preparado, ao mesmo tempo em que, como um relato verídico, é de venerável importância.

Veja a ficha técnica e elenco completo de Spotlight: Segredos Revelados

Quer comentar sobre as produções com pessoas que possuem o mesmo interesse? Entre no nosso grupo do facebook e comece a discussão!

Nota do Thunder Wave
Spotlight é mais uma produção extremamente competente sobre o bastidores do jornalismo investigativo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

6,972FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,355SeguidoresSeguir

Gameplay de Cyberpunk 2077 para Xbox Series X/S é revelado

0
A CD PROJEKT RED lançou hoje o vídeo de gameplay rodando Cyberpunk 2077 no Xbox One X e no Xbox Series X.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave