quinta-feira, 22, outubro, 2020
Início Críticas Primeiras Impressões The Walking Dead: The World Beyond | Uma série adolescente... com zumbis!

The Walking Dead: The World Beyond | Uma série adolescente… com zumbis!

Segundo dos quatros spin-offs encomendando de The Walking Dead, The World Beyond estreia com uma proposta simples, mostrando um mundo após os acontecimentos da série principal onde a maioria dos habitantes nasceu nessa realidade e já estão acostumado a viver entre os morto-vivos.

Em seu piloto, a série parece bem corriqueira e não foge de uma obra adolescente comum. Vez por outra, o roteiro se lembra do assunto principal e coloca alguns zumbis nada assustadores em pequenos takes, que em nada parecem influenciar esse novo mundo. Entre portas de proteção especiais em casas totalmente normais e cercas elétricas que passam por toda a cidade, os moradores vivem uma vida quase normal.

Mas nem sempre foi assim. Um ataque no passado levou a mãe das adolescentes protagonistas Iris (Aliyah Royale) e Huck (Annet Mahendru), que agora se criam sozinhas devido ao seu pai ter sido escalado para uma pesquisa de campo. É quando esse trabalho parece estar ameaçando a vida de seu pai que as duas se unem a um pequeno grupo de amigos para sair da segurança de sua cidade na esperança de salvá-lo.

The Walking Dead: The World Beyond | Uma série adolescente... com zumbis! 1
The Walking Dead World Beyond | Imagem: Divulgação

The World Beyond apresenta uma trama bem comum e até mesmo um pouco previsível em seu primeiro episódio, parecendo um tipo de TWD juvenil. Enquanto mostra a diferença de nascer em um mundo onde os walkers são parte da vida, usa de artificios típicos para criar seu objetivo, como o contraste entre a irmã certinha, que não tem tempo para seus hobbys pois acha que precisa ser sempre ativa nas causas e ajudar a construir um futuro melhor e a irmã rebelde, que desconfia de todos por ter sido testemunha da morte da mãe e crescido em um ambiente mental mais obscuro.

Se a trama futuramente irá ligar os acontecimentos entre os spin-offs ou não, é uma resposta que apenas no futuro será respondida. Entretanto, a nova produção corre o risco de não agradar por parecer se tratar de uma obra qualquer com monstro, mesmo que coloque alguns elementos conhecido desse Universo em alguns momentos para relembrar onde se passa, como transformar uma morte de causas “naturais” em um morto-vivo.

O lado positivo fica com por conta de ser uma produção fechada, marcada para terminar na segunda temporada e com isso fica a esperança de ter uma mensagem programada e não correr o risco de se perder na temática adolescente e se tornar incrivelmente monótona.

The Walking Dead: The World Beyond estreia dia 4 de outubro no AMC.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Siga nossas redes sociais

7,000FãsCurtir
3,084SeguidoresSeguir
4,356SeguidoresSeguir

Eclipse | Sinais de possessividade e obsessão

0
A personagem Bella é um desafio. Em momentos ela se impõe, em outros ela se submete ao que os outros querem. Percebemos, o que um relacionamento abusivo pode se tornar no decorrer da obra, porém, não deixa de ilustrar a realidade. Afinal, a realidade e a ficção andam de mãos dadas.

The Walking Dead | Cena de momento íntimo causa nojo nos...

0
Cena de momento íntimo entre Negan e Alpha causou reações negativas nos fãs de The Walking Dead. Veja.
pt_BRPT_BR
en_USEN pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave