sábado, 23, outubro, 2021

Thunder FIC’s | Narrativas originais que diferenciam as obras

Investir em originalidade nunca é demais em uma nova obra. As diferentes narrativas, que fogem do padrão que costumamos ver (e geralmente prever) em diferentes tipos de mídia pode ser a chave para o sucesso de um projeto.

A série Modern Family, que ficou 11 anos no ar sem perder um fã nesse trajeto, é um bom exemplo de uma narrativa totalmente diferenciada que funcionou entre as séries. Trazendo uma quebra da 4ª parede em dobro, com os personagens sendo levados a engraçadas entrevistas que quebraram a narrativa, mas que tinham um bônus no humor por também usarem de expressão corporal para uma nova quebra, a sitcom inovou e agradou.

Thunder FIC's | Narrativas originais que diferenciam as obras 1
A quebra da 4ª parede

Da mesma maneira, House Of Cards foi um sucesso pelo mesmo motivo, explicando através de conversas do protagonista com o público as situações políticas daquele momento. As mais recentes Fleabag também se tornou referência por trazer expressões certeira da atriz com o público.

A moda da quebra da 4ª parede se tornou mais em pauta após o lançamento de Deadpool, que fez sucesso por incluir momentos cômicos usando dessa tática. Entretanto, não é novidade no cinema, O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é uma enorme referência desse elemento, assim com Curtindo a Vida Adoidado, que se tornou um “clássico da sessão da tarde” por isso. Muitos longas da década de 90 usavam essa narrativa e se tornaram marcantes por isso.

Pouco conhecido no Brasil, o livro S., de J.J. Abrams e Doug Dorst, é um exemplo maravilhoso de quebra de narrativa literária. Uma verdadeira obra de arte, o exemplar, infelizmente já esgotado no país, trazia um enorme diferencial por conter elementos e pistas em material anexado a ele.

A ação acontece nas páginas (e margens) de um livro antigo, de capa dura, cheio de anotações e sinais de manuseio intitulado O Navio de Teseu, de V. M. Straka, que se encontra dentro da caixa preta e selada de S. Além da trama do romance, o leitor encontra uma outra história que se desenrola nos comentários, escritos com canetas de cores diferentes e a lápis nas laterais das páginas, e numa série de cartas, cartões-postais, recortes de jornal, fotografias e até um mapa desenhado em um guardanapo que foram deixados entre as folhas.

Thunder FIC's | Narrativas originais que diferenciam as obras 2
Conteúdo do Livro S / intrínseca

De acordo com Rafael Peixoto e Newton Cannito, roteiristas e professores da Fábrica de Ideias Cinemáticas, inovar na narrativa é uma boa maneira trazer o espectador ou leitor para dentro da obra. Quebrar os padrões de escrita pode ajudar muito em um mundo onde o conteúdo está cada vez mais acelerado, com um grande número de lançamentos anuais e é preciso se destacar para ser visto nesta disputa.

Quer saber mais sobre o processo de criação e como ser um bom roteirista? Confira todo o conteúdo especial em parceria com a FIC’s clicando aqui.

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,914FãsCurtir
2,958SeguidoresSeguir
4,239SeguidoresSeguir

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Fic's

Tudo sobre roteiro
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave