Encontros | Histórias Intimistas Entrelaçadas por Hong Sang-soo

Encontros de Hong Sang-soo merece ser conferido pelos apreciadores de histórias identificáveis, sobre o cotidiano de pessoas reais.

O diretor sul-coreano Hong Sang-soo é conhecido pelo seu cinema intimista, onde o cotidiano e o banal são elevados à beleza artística por sua delicadeza e espontaneidade ao tratar as relações humanas. Encontros, seu filme mais recente, que foi ganhador do prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Berlim de 2021 e acaba de chegar ao circuito nacional de cinema, é mais um exemplo de sua capacidade de criar um filme intimista, questionador e simbólico apenas se utilizando de elementos do cotidiano.

O filme é composto por três histórias que se conectam a partir de encontros (como sugere o título) entre os personagens. É possível dizer que o jovem Young-ho (Shin Seok-ho) é o protagonista aqui, uma vez que é a partir dele que todas as histórias se conectam. Na primeira das histórias, ele tenta visitar seu pai, que é médico, mas não é recebido, pois ele está atendendo um paciente famoso. Na segunda história, Ju-won (Park Mi-so), namorada de Young-ho, se muda para Berlim para estudar moda, onde se hospeda na casa de uma artista plástica (Kim Min-hee) amiga de sua mãe, até que o jovem decide ir até a Alemanha de surpresa para se encontrar com ela. Na terceira e última história, Young-ho encontra a sua mãe (Yun-hee Cho) almoçando com o mesmo ator que era paciente do seu pai, e o encontro se desenvolve a partir da conversa entre os dois.

Portanto, o teor intimista do diretor está mais do que preservado neste curto (pouco mais de uma hora) filme. Diversos temas são abordados através da banalidade do cotidiano, dos encontros e desencontros entre os personagens, como o choque entre gerações, as transformações em pessoas que conhecemos, a sensação de não ser bem-vindo e, principalmente, as relações humanas e como elas nos afetam, tudo isso através de diálogos naturais e autênticos, que são capazes de trazer identificação a qualquer espectador.

Hong Sang-soo assina não apenas a direção do filme, mas também o roteiro, a produção e a fotografia. Esta última, inclusive, se beneficia bastante do uso do preto e branco pelo diretor, valorizando os encontros e relações retratadas. Porém, os diálogos são, definitivamente, o ponto alto do filme, sendo verossímeis e reais, o que parece ter facilitado bastante o trabalho do elenco, que parece estar muito à vontade nos seus papéis.

O filme chega no dia 1 de setembro ao Brasil, e merece ser conferido pelos apreciadores de histórias identificáveis, sobre o cotidiano de pessoas reais.

Nota do Thunder Wave
Encontros de Hong Sang-soo merece ser conferido pelos apreciadores de histórias identificáveis, sobre o cotidiano de pessoas reais.
Escrito PorWallace William

Artigos Relacionados

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por Favor insira seu nome aqui

Instagram

Bombando

Mais vistos da semana

Siga Nossas Redes

Tem conteúdo exclusivo por lá
6,825FãsCurtir
2,998SeguidoresSeguir
4,049SeguidoresSeguir

Receba as novidades

Fique por dentro de todas as novidades do site em primeira mão!

Recentes

Conteúdo fresquinho

Thunder Stage

Tudo sobre roteiro
Encontros de Hong Sang-soo merece ser conferido pelos apreciadores de histórias identificáveis, sobre o cotidiano de pessoas reais.Encontros | Histórias Intimistas Entrelaçadas por Hong Sang-soo
pt_BRPT_BR
Thunder Wave-Filmes, Séries, Quadrinhos, Livros e Games Thunder Wave